Fome de Livros

Conteúdo Recomendado

Fome de Livros


Top Comentarista - Resultado

Posted: 06 Nov 2016 03:00 PM PST

Boa noite meu povo!!! 
Fiquei feliz por termos mais participações esse mês, mas ainda não foi o suficiente... Eu sei que temos mais leitores do que isso! Ou será que minhas/meus leitoras/leitores fiéis realmente me abandonaram?!?! #chateada
Como em outubro tivemos menos posts no blog, o esquema de pontos ficou um pouco diferente: quem comentou em pelo menos 5 postagens recebeu 1 ponto, quem comentou em mais de 15 recebeu 2, e quem comentou em todas (esquecendo no máximo 1 post) recebeu os 3 pontos.
Agora sim, vamos ao Top do Mês. Lembrem-se que os comentários são contados desde o primeiro post do mês
Qualquer dúvida, estou sempre à disposição no e-mail promosfomedelivros@gmail.com - assim que eu ler, respondo vocês




O esquema é o mesmo de sempre, viu? Se vocês clicarem na imagem ela fica melhor. 
Agora, vamos ao resultado!



Leidyane!!! Parabéns!!!
O e-mail já foi enviado e você pode escolher seu prêmio!

Agora, tenho uma notícia triste. Depois de analisarmos o número de inscrições e participações dos últimos meses, decidimos fazer uma pausa. Vamos dar a vocês umas férias e, em Janeiro, decidiremos se o Top Comentarista volta ou não - tudo vai depender da quantidade de comentários durante esse tempo que estamos dando. 
Podem me chamar de sentimental, mas vou sentir muita falta desse nosso contato mensal - e acho bom vocês continuarem comentando nas resenhas para pelo menos matar um pouco da saudade. 


Muito estranho não desejar boa sorte, mas... Até uma promoção ou resenha por aí! 

Resenha - Apenas Um Garoto

Posted: 06 Nov 2016 02:06 PM PST

Resenha feita pela Tay!
Título: Apenas Um Garoto

Título Original: Openly Straight
Série: Apenas Um Garoto
1- Apenas Um Garoto
2- Honestly Ben
Autor: Bill Konigsberg
Editora: Arqueiro
Páginas: 256
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: 
Amazon // Submarino // Saraiva

SinopseRafe saiu do armário aos 13 anos e nunca sofreu bullying. Mas está cansado de ser rotulado como o garoto gay, o porta-voz de uma causa.
Por isso ele decide entrar numa escola só para meninos em outro estado e manter sua orientação sexual em segredo: não com o objetivo de voltar para o armário e sim para nascer de novo, como uma folha em branco.
O plano funciona no início, e ele chega até a fazer parte do grupo dos atletas e do time de futebol. Mas as coisas se complicam quando ele percebe que está se apaixonando por um de seus novos amigos héteros.

A Trama: A sinopse já é bem explicativa: Rafe está cansado de ser rotulado como o "garoto gay", por isso muda de colégio e lá decide não revelar sua orientação sexual para ninguém (não exatamente uma mentira, mas uma omissão). Mas algumas coisas não saem exatamente como ele esperava, e logo se vê preso a algumas não-verdades que não deveriam existir. Esse é basicamente um livro sobre crescimento, sobre realmente descobrir a si mesmo e aprender que ignorar uma parte de si não faz bem a ninguém. Mesmo assim, não tem como não torcer o nariz muitas vezes pelas atitudes do Rafe e tentar avisar que aquele rodeio todo é uma péssima ideia e que ele deveria abraçar seu verdadeiro eu. De todo modo, o livro consegue ser honesto em relação aos sentimentos, e eu gostei bastante desse aspecto dele. Como, mesmo não concordando com as decisões do protagonista, conseguimos até entender o motivo dele querer fazer isso. Além de tudo, você ainda fica curioso para saber como tudo isso terminará.

O Protagonista: Rafe é engraçado, divertido e sabe reconhecer as verdadeiras amizades, mesmo que passe por um período onde tenta fingir não gostar de um tipo de coisa para se encaixar em um grupo (leia-se "os atletas"). É difícil concordar com suas ideias, mas conseguimos compreender seus motivos. Não é exatamente um personagem memorável, mas pelo menos é agradável de acompanhar durante a leitura do livro.

Personagens Secundários: Eu gostei bastante de Ben e de todo o seu dilema, de como ele se diferenciava dos outros atletas e fugia do clichê desses garotos. Ele é divertido, inteligente e não tem medo de demonstrar seus sentimentos, mesmo que em grupo ele seja o "caladão". Fiquei curiosa para saber como ele irá lidar com suas descobertas do final do livro, então provavelmente irei ler o livro sob sua perspectiva. Claire Olivia é muito divertida e adorei a amizade dela com Rafe, queria apenas que ela tivesse aparecido mais. Toby e Albie são dois amigos estranhos, mas muito legais, divertidos e companheiros, formando com Rafe e Ben um grupo de amigos "improvável", mas que combinam muito bem. Os pais de Rafe também são as estrelas do livro, principalmente Opal, sua mãe. Eles são super liberais, dão o maior apoio para o filho e têm personalidades super divertidas. Adorei os dois!

Capa, Diagramação e Escrita: Gosto mais dessa capa que da original, não sei dizer exatamente o porquê. A diagramação é bem simples, mas confortável para a leitura. A escrita do autor é bem fluida e divertida, só queria que ele tivesse colocado um propósito maior nas redações que Rafe escreve ao longo do livro (elas servem basicamente para o professor de literatura testar as habilidades de escrita de Rafe e para termos flashbacks do passado do protagonista, mas faltou alguma coisa para me convencer de que esse tipo de recurso foi realmente necessário no livro).

Concluindo: Eu gostei bastante do livro e consegui me importar com o protagonista, embora suas decisões tenham me feito revirar os olhos algumas vezes. De qualquer forma, é um livro que vale a pena colocar na lista.

Classificação:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge