Balaio de Livros

Conteúdo Recomendado

Balaio de Livros


(Resenha) As Sete Irmãs - Lucinda Riley - Editora Arqueiro:

Posted: 12 Nov 2016 05:50 PM PST



Sinopse:

Em As sete irmãs, Lucinda Riley inicia uma saga familiar de fôlego, que levará os leitores a diversos recantos e épocas e a viver amores impossíveis, sonhos grandiosos e surpresas emocionantes.

Filha mais velha do enigmático Pa Salt, Maia D'Aplièse sempre levou uma vida calma e confortável na isolada casa da família às margens do lago Léman, na Suíça. Ao receber a notícia de que seu pai – que adotou Maia e suas cinco irmãs em recantos distantes do mundo – morreu, ela vê seu universo de segurança desaparecer.

Antes de partir, no entanto, Pa Salt deixou para as seis filhas dicas sobre o passado de cada uma. Abalada pela morte do pai e pelo reaparecimento súbito de um antigo namorado, Maia decide seguir as pistas de sua verdadeira origem – uma carta, coordenadas geográficas e um ladrilho de pedra-sabão –, que a fazem viajar para o Rio de Janeiro.

Lá ela se envolve com a atmosfera sensual da cidade e descobre que sua vida está ligada a uma comovente e trágica história de amor que teve como cenário a Paris da belle époque e a construção do Cristo Redentor.

Skoob:

Opinião:

Só o fato de ser um livro da Lucinda Riley já bastaria para querer ler a obra, no entanto, se a trama ainda por cima se passar no Brasil, aí meu bem, o jeito é largar tudo e passar o livro na frente de todos os outros!!

Vamos começar comentando sobre o título "As Sete Irmãs" que, foi inspirado no aglomerado de estrelas Plêiades cada uma das irmãs recebem o nome de uma destas estrelas. Este primeiro volume em específico é narrado por Maia D'Aplièse, a mais velha dentre as irmãs e a única a ainda morar com o pai.

As meninas foram adotadas ainda bebê e criadas com muito amor por Pa Salt, um homem muito rico e um tanto excêntrico que vive em um luxuoso castelo localizado na sua ilha particular. Pa Salt guarda algu


Pa Salt deixa uma carta endereçada a cada uma das meninas contando um pouco sobre suas origens, juntamente com instruções para que cada uma possa buscar seu passado, sendo assim, Maia desembarca no Rio de Janeiro à procura de sua história.

Maia é tradutora de livros e no momento está trabalhando na obra de um escritor brasileiro chamado Floriano Quintelas que, além de escritor é também guia de turismo e lhe auxiliará nas buscas por seus familiares.

Paralela à introdução da história de Maia, conhecemos também Isabela lá no ano de 1927, a bisavó de Maia, filha de um investidor de cana de açúcar e noiva de um rapaz proveniente de conhecida família da sociedade que já ocupou posição de destaque, mas que hoje está falida.


Antes do casamento, que por sinal foi arranjado pelos pais da noiva, Isabela passa algum tempo com uma amiga e a família desta cujo pai – Heitor - é o responsável pela construção do Cristo Redentor no Rio de Janeiro. Através de Heitor, Isabela conhece Laurent Brouilly, ajudante do escultor da obra, os dois apaixonam-se perdidamente e vivem dias de intensa paixão, mesmo com a data do casamento que se aproxima...

Enfim, a história se divide em duas partes que durante a leitura e acabam se mesclando e formando uma única trama, claro, uma no presente e outra no passado. Nossas protagonistas são parentes, mas completamente diferentes uma da outra, Maia é um tanto sensível e insegura, já Isabela age conforme os pais esperam, mas não deixa de viver o que a vida lhe oferece e busca novas experiências, mesmo que lhe traga consequências negativas.



Nota-se que a autora fez uma pesquisa minuciosa sobre o Rio de Janeiro, principalmente sobre a construção do Cristo. Eu nunca fui ao Rio, mas como todos os demais brasileiros, sonho em conhecer este incrível monumento, deve ser uma experiência emocionante, porém, posso afirmar que me senti um pouco mais próxima deste sonho com a leitura de 'As sete Irmãs'.


A narrativa é recheada de informação, mas de forma alguma cansativa, é na verdade muito agradável acompanhar esta trama, eu particularmente adoro esta mistura de ficção com fatos reais, é uma mistura que costuma dar certo, o final foi inesperado e me deixou desconfiada de alguns fatos que – tomara – sejam esclarecidos no próximo volume! Termino esta resenha completamente apaixonada pela obra e já doida para ler os demais já publicados, e vocês, já leram o livro? Se ainda não, aconselho a fazer isto logo!!!

 http://www.editoraarqueiro.com.br/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge