Livroterapias

Conteúdo Recomendado

Livroterapias


Resenha: Essa luz tão brilhante, de Estelle Laure

Posted: 06 Oct 2016 06:09 AM PDT


ESSA LUZ TÃO BRILHANTE
Autora: Estelle Laure
Editora: Arqueiro
Páginas: 208

Sinopse: O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido. Essa luz tão brilhante é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.

Olá Leitores
Trago para vocês uma livro que me surpreendeu bastante.
Quero contar para vocês todos os detalhes.
Vamos lá?

Essa luz tão brilhante, de Estelle Laure nos conta a história de Lucille, uma jovem de 17 anos que vê sua vida mudar de cabeça para baixo após uma série de acontecimentos familiares: Primeiro, seu pai, que não aguenta a pressão de cuidar de uma família após ter abandonado seu sonho de ser um roqueiro famoso e termina surtando e indo parar numa clínica de reabilitação. Segundo, sua mãe que de uma hora para outra decide tirar férias e deixar as filhas sozinhas por um tempo.

Lu acaba tendo que cuidar da irmã mais nova, Wren. Isso, inicialmente, não seria um problema, mas quando o tempo passa e a mãe das garotas não dá sinal de vida, Lucille precisa pensar em como pagar as contas e esconder das pessoas que elas estão sozinhas em casa. Por sorte, nossa protagonista tem a melhor amiga do mundo: Éden. Acontece que Éden tem um irmão gêmeo: Digby. Lucille é apaixonada por ele, mas sabe que isso não terá futuro, pois além de ser irmão da sua melhor amiga ele também tem namorada.

Com as contas se acumulando, Lucille decide procurar uma trabalho e Éden diz que a apoiará tomando conta de sua irmã. Acaba que quem vai buscá-la no trabalho todas as noites é Digby e essa proximidade a deixa ainda mais ligada. Pior é que ela percebe que ele está tratando-a de forma diferente, mais próxima. Isso a deixa ainda mais confusa.

Os dias passam, as dificuldades são grandes, mas algum anjo que está ajudando secretamente as irmãs, trazendo comida, ajudando na manutenção da casa... Mas Lucille sabe o quão perigoso isso é, afinal alguém percebeu que elas estão sozinhas e só resta rezar para que a mãe volte logo.

Mas quando uma fatalidade ocorre, Lucille terá que ser ainda mais forte para lidar com os problemas e torcer para tudo voltar ao normal e escolher que seguirá o que a razão ou o coração dizem...


Irresistível.

Confesso que o título e a capa me atraíram instantaneamente e não pensei duas vezes em solicitar esse livro na parceria com a Editora Arqueiro. E foi uma escolha perfeita.

Essa luz tão brilhante me apresentou o mundo de uma garota que está com grandes dificuldades, mas não está desistindo. Pelo contrário, Lucille encontra formas de sobreviver e proporcionar uma vida feliz para a irmãzinha.

Gostei muito das personagens. Apesar de conhecermos bem a protagonista, todos os demais possuem personalidade bem definida e contribuem de forma a tonar a obra mais cativante. Sem falar que são simples, o que os tornam ainda mais reais.

A narrativa é não linear. Os capítulos voltam ao passado e o meio termo é o dia D, digamos assim. Mas em momento ficamos confusos. Geralmente contam fatos importantes vividos por Lucille e tentam explicar a situação atual.

Gostei muito dos temas desenvolvidos no livro: Amizade, perdas, superação,irmandade, perseverança e escolhas.  Claro que existe uma carga dramática diante dos fatos vivenciados, mas a autora escolheu não tornar a leitura sufocante e sim reflexiva.

O desfecho vai desagradar alguns, pois não temos aquele prontinho. Também não é um final aberto, mas há sim margem para interpretação. Mas sinceramente gostei, manteve-se fiel ao estilo da obra.

Só resta recomendar a leitura desse livro que chega despretensioso e nos prende até o final. Simplesmente brilhante ;)

Gostaram do livro?
Já leram? Ficaram curiosos para ler?
Comentem!

Abraços e até mais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge