Giro UOL: efeito da crise, lição de casa e Brasileirão agitado

Conteúdo Recomendado

Giro UOL
Moderninha
 
Veja a seleção de notícias que o UOL fez para você nesta manhã - 24/10
Efeito da crise
Shutterstock
Internações no SUS crescem e atingem o maior número em seis anos em São Paulo. O levantamento feito pelo Fiquem Sabendo mostra que 472.588 internações foram registradas entre janeiro e agosto deste ano nos hospitais públicos da cidade.

Uma das explicações para o aumento é a crise econômica do país, que provocou a diminuição da quantidade de pessoas com planos de saúde particulares. Para analistas, caso a PEC 241, que estipula o congelamento de gastos públicos, seja aprovada, o impacto no SUS vai ser muito grande. Limitar o orçamento resultará na diminuição dos recursos destinados à saúde pública. Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
Articulação para a PEC
Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Michel Temer e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se reuniram na noite deste domingo para falar sobre a segunda votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que cria um teto para os gastos públicos.

O secretário executivo do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Moreira Franco, que é sogro de Maia, também participou do encontro no Palácio do Alvorada, residência oficial da Presidência da República. Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por   E-mail
 
Negou tudo
Alexandre Brum/Agência O Dia/Estadão Conteúdo
O senador Marcelo Crivella (PRB), candidato a prefeito do Rio, negou que o nome dele esteja envolvido em investigações da Lava Jato.

De acordo com a coluna Radar, publicada no jornal O Globo, Crivella teria pedido ajuda financeira a então presidente da Petrobras, Graça Foster, durante a campanha para o Senado. Ela teria encaminhado para o diretor de Serviços, à época, Renato Duque, que teria providenciado a impressão de 100 mil banners, avaliados em R$ 12 milhões. Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
Lição de casa
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB e um dos nomes cotados para disputar a Presidência em 2018, deve concentrar a agenda de compromissos em Belo Horizonte na reta final do segundo turno para tentar evitar a derrota do aliado, João Leite (PSDB), na disputa pela prefeitura da cidade.

Após ser o mais votado no primeiro turno, o candidato tucano aparece com 35% das intenções de voto, em desvantagem numérica em relação a Alexandre Kalil (PHS), que tem 41%, segundo pesquisa Ibope divulgada na quinta-feira (20). Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
Provocações
Marcelo D.   Sants/Estadão Conteúdo
A avenida Paulista, em São Paulo, foi palco de dois atos simultâneos ontem marcados para o mesmo local, o vão livre do Masp (Museu de Arte de São Paulo).

As manifestações resultaram em trocas de provocações entre os dois grupos e com cordão de isolamento da Polícia Militar no meio da avenida separando os dois atos. Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
Racismo constante
Reprodução/TV Globo
Lázaro Ramos afirmou já ter sido vítima de racismo várias vezes e que isso se tornou uma coisa comum na vida do negro no Brasil. O desabafo do ator foi feito durante conversa com a apresentadora Regina Casé, no programa Esquenta, da Globo.

Em março, Taís Araújo, esposa de Lázaro Ramos, já havia sido vítima de ataques racistas, via internet. Três homens foram identificados e presos. Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
Brasileirão agitado
Ricardo Nogueira/Folhapress
E no Campeonato Brasileiro, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, admitiu que houve erro a favor da equipe no empate por 2 a 2 com o Corinthians, ontem, no Maracanã. O atacante Paolo Guerrero fez um gol impedido no primeiro tempo. A irregularidade não foi marcada pela arbitragem e teve interferência no resultado final.

Quem se deu bem foi o Atlético-MG, que venceu o Figueirense por 3 a 0 e manteve a terceira colocação na tabela. Já o Santos continua perto de chegar no G-3 depois de vencer a Chapecoense por 1 a 0. E o Palmeiras venceu o Sport por 2 a 1 e segue na liderança. Leia mais
Compartilhar no   Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
Briga e detenção
Reprodução/Esporte Interativo
A Polícia Militar reteve torcedores do Corinthians depois do final da partida contra o Flamengo no estádio do Maracanã. O objetivo era identificar os torcedores que participaram de uma confusão antes do jogo e agrediram um PM.

Quase três horas depois da partida foi quando começaram a ser liberados os integrantes das organizadas, sendo que 40 foram detidos e levados a delegacia para prestar depoimento. Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
 
PATROCINADO POR:
Moderninha
 
Baixe o aplicativo UOL:   Apple Store Google Play
UOL Facebook Twitter Pinterest Instagram Snapchat: @uoloficial
Se deseja cancelar o recebimento da newsletter do Giro UOL, clique aqui.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge