Fome de Livros

Conteúdo Recomendado

Fome de Livros


Resenha - Amor Letal

Posted: 02 Oct 2016 11:41 AM PDT

Resenha feita pela Luh!  
Título: Amor Letal
Título Original: Mortal Heart
Série: O Clã das Freiras Assassinas
1- Perdão Mortal (2015)
2- Divina Vingança (2016)
3- Amor Letal (2016)
Autora: Robin LaFevers
Editora: V&R Brasil
Páginas: 442
Comprar: Amazon // Fnac // Submarino // Extra

Eu pensei que não poderia ser melhor... mas a autora se superou!
Nota: Essa resenha não tem spoilers do livro anterior.

SinopseAnnith passou sua vida no convento de Saint Mortain aguardando ser enviada em missão, para lutar em nome do Deus da Morte. Por medo de ser punida ou rejeitada, durante seus anos de reclusão ela tentou ser sempre bondosa e obediente. Cobrava-se para ser a melhor, porém, em seu coração pairava a incerteza sobre seus dons e seu real valor como serva da Morte.
Suas habilidades com arco e flecha e como lutadora sempre superaram a de todas as outras. Então, por que nunca a escolheram? Eis que Annith chega à conclusão de que existe algo errado no convento: a abadessa.
Ao perceber isso, Annith decide ser dona de seu próprio destino e, num momento de extrema rebeldia, resolve fugir – ainda que isso signifique desafiar Mortain. Incerta e com medo sobre qual caminho seguir, ela aceita a ajuda de Baltazaar, uma das almas condenadas pelas irmãs do convento. Mesmo assim, Annith decide seguir seu caminho ao lado dele. No entanto, essa escolha pode ameaçar sua vida e seu grande amor.

A Trama: Como já disse antes, cada livro dessa trilogia conta a história de uma das assassinas do convento de São Mortain. Agora foi a vez da garota que foi "deixada para trás", Annith, que foi criada no convento desde bebê.
Annith tem habilidades incríveis, sem dúvida é a melhor entre as noviças, então é muito suspeito quando a abadessa revela que pretende deixar a protagonista trancada no convento para sempre, servindo como vidente. É assim que Annith foge de lá e acaba conhecendo o lindo, perigoso e misterioso Balthazar.
Não vou mentir que o livro tem ação do início ao fim, porque as primeiras 80 páginas são mais lentas enquanto a protagonista tenta decidir seu futuro. Porém, a partir do momento em que Annith encontra Balthazar, o livro vai de bom a ótimo e só melhora, o que culmina em uma daquelas revelações capazes de te dar um ataque cardíaco, de tão imprevisível e bombástica.
Dos três livros, é definitivamente o que possui mais elementos de fantasia, porém ainda temos a intriga política como pano de fundo e, é claro, o romance.


A Protagonista: Não me apaixonei imediatamente por Annith, como aconteceu com Sybella. Entretanto, a garota foi me conquistando com sua coragem e, principalmente com a bondade dentro dela. Além disso, a protagonista tem uma força magnífica e é independente até o último fio de cabelo, com aquela segurança de quem sabe que é a melhor, mas não tem medo de se apoiar nos amigos.
Annith é completamente carismática. Você não consegue evitar, quando percebe está torcendo por ela. Sem falar que fica claro que Annith terá um futuro grandioso, ela é boa demais para ter uma vidinha comum.

Os Personagens Secundários: Oh, Balthazar. Diferente de Fera, o personagem do livro anterior, que era feio, porém muito bondoso, Balthazar é uma contradição ambulante. Ele é belo de uma maneira assustadora, firme e ao mesmo tempo bondoso, além de ter uma angústia e uma culpa que revelam que já deve ter feito coisas muito ruins em seu passado. Não há nada mais cativante que um bad boy tentando se redimir e você não consegue deixar de amá-lo.
Além disso, nesse livro conhecemos os hellequins, criaturas de Mortain, que cometeram pecados enquanto estavam vivos e agora passam a eternidade em busca de redenção. As histórias desses homens, com corações tão bons e repletos de culpa, é capaz de deixar os leitores a beira de lágrimas.

Capa, Diagramação e Escrita: Eu já gostava dessa capa antes de terminar o livro, mas agora posso afirmar que ela é absolutamente perfeita, o arco e a flecha tendo um significado muito especial dentro do livro. Além disso, amo esse cenário de fundo, lembrando muito o cenário da trama.
A escrita da Robin pode levar um tempinho para se acostumar, porém é super envolvente, conseguindo transmitir perfeitamente os pensamentos e sentimentos da personagem. Além disso, as descrições dela são impecáveis!

Concluindo: Eu estava aguardando até terminar essa trilogia para afirmar isso e agora já posso: atualmente, minha série favorita. Simples assim.
Há pequenos defeitos, sempre há, porém você mal os percebe quando está envolvida nessas tramas loucas e aceleradas. As reviravoltas nesse livro me deixaram chocada, tive que honestamente parar por alguns segundos para tentar absorver as informações. Além disso, o romance é de qualidade, nada de amor instantâneo, os personagens tem defeitos realistas e, e a intriga política é envolvente. Simplesmente não faltou nada.

Classificação:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge