Fome de Livros

Conteúdo Recomendado

Fome de Livros


Resenha - A Outra Casa

Posted: 26 Oct 2016 10:00 AM PDT


Resenha feita pela Maay!  
Título: A Outra Casa
Título Original: Lasting Damage
Série: Spilling
1 - Little Face
3 - The Wrong Mother
4 - The Other Half Lives
5 - A Room Swept White
6 - A Outra Casa (2016)
7 - Kind Of Cruel
8 - The Carrier
9 - Woman with a Secret
10 - The Narrow Bed
Autora: Sophie Hannah
Editora: Rocco
Páginas: 464
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Amazon // Saraiva

Uma história intrigante.


Sinopse: Autora de A vítima perfeita, lançado pela Rocco na FLIP 2015, e escolhida pelos herdeiros de Agatha Christie para dar vida nova ao célebre detetive Hercule Poirot, a inglesa Sophie Hannah constrói, em A outra casa, uma trama sofisticada em que o suspense é apenas um dos elementos da narrativa. Na história, os detetives Simon Waterhouse e Charlie Zailer são obrigados a interromper sua lua de mel para atuar num caso sombrio envolvendo o casal Connie e Kit Bokskill e um corpo de mulher revelado em circunstâncias inusitadas, quando Connie resolve pesquisar casas à venda num site imobiliário na internet. Com doses equivalentes de humor, aventura e mistério, Sophie Hannah entretém o leitor e, ao mesmo tempo, o convida a uma instigante reflexão sobre relacionamentos familiares, profissionais e amorosos.

A Trama: A história principal é muito envolvente e o mistério realmente prende o leitor às páginas, porém - quero ver eu conseguir explicar esse porém. Esse é o sexto livro de uma série que até agora teve apenas o segundo lançado no Brasil (lógica passou longe). A narrativa alterna entre o ponto de vista de Connie, protagonista desse livro e personagem (acredito que) inédita na série e os policiais que o leitor teoricamente já deveria conhecer há seis volumes. Essa alternância de pontos de vista não me incomodou em nada quando li A Vítima Perfeita, porque as informações que me faltavam não eram tantas. No entanto, em A Outra Casa esse desconhecimento pesou bastante e acabou, de certa forma, quebrando o desenvolvimento da trama. 

A ProtagonistaConnie me irritou bastante com seus surtos - não tenho a menor paciência para gente neurótica dessa forma. Mas, apesar disso, sua história me envolveu muito
Gente, a mulher viu um corpo em um site imobiliário! Ela pode ser a pessoa mais insuportável do mundo, ainda assim você vai querer entender o que está acontecendo. 

Os Personagens Secundários: Charlie estava mais insuportável ainda. Sério. Meu deus. Graças a deus ela não apareceu muito, porque as chances de eu ter abandonado a leitura por não aturá-la seriam grandes. 
Outros personagens irritantes foram a família de Connie. Gente do céu! Eles são tão doentios que fizeram com que eu desenvolvesse certa empatia pela protagonista. 
Quanto aos detetives, de certa forma, achei eles meio irrelevantes. Eu não conhecia os fatos do passado a que eles se referiam e isso impediu que eu me envolvesse com eles. Para mim, estavam ali única e exclusivamente para ajudar na investigação do possível assassinato.

Capa, Diagramação e Escrita: A capa combina com o livro e segue o mesmo padrão do outro livro da série já lançado no Brasil - mas preciso dizer que a capa gringa era perfeita, sério. 
A escrita de Hannah é leve e incrivelmente bem amarrada. Mesmo com todos os poréns que já citei, a leitura flui bem e o mistério se resolve de forma bastante convincente (e surpreendente).

Concluindo: Eu tenho TOC, e o fato de ter conseguido ignorar o fato de esse ser o sexto livro de uma série da qual li apenas o segundo, mostra o quanto ele é incrível. Porém, não posso dizer que os outros livros são dispensáveis - a história principal pode ser compreendida sim, mas eles fazem falta quando analisamos o todo.
Enfim... Se você é uma pessoa desapegada, recomendo muito a leitura. Agora, se você, assim como eu, tem esse problema em ler séries fora de ordem, talvez a leitura não seja assim tão proveitosa. 

Classificação:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge