Fome de Livros

Conteúdo Recomendado

Fome de Livros


Resenha - Uma Canção de Ninar

Posted: 21 Oct 2016 08:00 AM PDT

Resenha feita pela Luh!  
Título: Uma Canção de Ninar
Título Original: This Lullaby
Livro Único
Autora: Sarah Dessen
Editora: Seguinte
Páginas: 320
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino

Mais um livro da Sarah!

Sinopse: Remy não acredita no amor. Sempre que um cara com quem está saindo se aproxima demais, ela se afasta, antes que fique sério ou ela se machuque. Tanta desilusão não é para menos: ela cresceu assistindo os fracassos dos relacionamentos de sua mãe, que já vai para o quinto casamento. Então como Dexter consegue fazer a garota quebrar esse padrão, se envolvendo pra valer? Ele é tudo que ela odeia: impulsivo, desajeitado e, o pior de tudo, membro de uma banda, como o pai de Remy — que abandonou a família antes do nascimento da filha, deixando para trás apenas uma música de sucesso sobre ela. Remy queria apenas viver um último namoro de verão antes de partir para a faculdade, mas parece estar começando a entender aquele sentimento irracional de que falam as canções de amor.

A Trama: Já vou começar jogando a bomba: dos livros da Sarah que eu já li, esse foi o que menos gostei. Não que seja ruim, de forma alguma. Mas eu sei que ela consegue fazer melhor.
Remy é uma garota focada em ser melhor. Ela costumava ficar com vários caras, fumar, beber e tomar outras decisões questionáveis. Porém, agora que está em seu último verão antes da faculdade, Remy tenta ser uma versão melhor de si mesma e trabalha bastante, aproveita o tempo livre com as amigas e a família. Remy também tem várias regras sobre não se apegar aos homens - e não ficar com músicos -, até que Dexter surge em sua vida e acaba quebrando essas regras.
Como em todos os livros da Sarah Dessen, a trama lida não só com romance, mas com problemas familiares, evolução pessoal e tentar descobrir quem você é. Foi um livro bom, porém achei "normal" pela maior parte do tempo, lidando com um romance morno que não foi o suficiente para sustentar a trama. Por sorte, haviam todas as pequenas histórias secundárias, que foram mais do que suficiente.

A Protagonista: Remy é uma ótima protagonista. Ela sabe o que quer, não é insegura e não tem medo de falar quando algo a incomoda. Gostei muito da maneira como a garota tentava ajudar sua mãe com tudo, era mais como se a mãe fosse Remy, porém o relacionamento dela com sua família evolui muito e foi interessante do início ao fim.
Remy também é divertida, muito inteligente e perfeitamente capaz de cativar o leitor com suas pequenas manias. Minha parte favorita do livro foi a maneira como ela era independente, colocando sempre suas necessidades antes das de qualquer garoto.

Os Personagens Secundários: Enquanto na maioria dos livros da Sarah, as protagonistas são meio solitárias no início e logo conhecem novos amigos, aqui Remy já tem ótimas amigas que eu adorei. Chloe, Lissa e Jess são completamente diferentes uma da outra e acho que as quatro compõe um grupinho eclético e ferozmente fiel. Outro personagem adorável foi Paul (ou Paul Perfeito), que realmente era perfeito. Educado, charmoso, bonito e teria sido um par maravilhoso para Remy.
Entretanto, Dexter, o interesse amoroso dessa vez, não me conquistou. Ele era um músico e, não vou mentir para vocês, era muito fofinho. Como personagem, Dexter não tinha problema algum, eu só senti que ele e Remy não tinham química nenhuma e eu teria gostado muito mais se, por exemplo, ele tivesse ficado com outra garota legal e fosse feliz com ela.

Capa, Diagramação e Escrita: Pode não parecer no início, mas tanto essa capa quanto o título são perfeitos para o livro. O local da capa é um local muito importante no livro, com a cama elástica, e o título é o nome da música que o pai de Remy escreveu para ela.
A escrita da Sarah continua super gostosa. O livro flui com facilidade, até mesmo nas partes monótonas, e é fácil de passar horas lendo sem perceber. A diagramação interna também está excelente e achei que o tradutor fez um ótimo trabalho.

Concluindo: É claro que, sendo um livro da Sarah, continua ótimo e recomendo que todos leiam. Entretanto, passou longe de ser meu preferido, talvez porque eu já sei que a autora é ótima e tinha expectativas bem altas. De qualquer maneira, gostei muito que a trama focou em uma garota independente fazendo escolhas ótimas.

Classificação:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge