Burn Book

Conteúdo Recomendado

Burn Book


ARQ | Crítica

Posted: 09 Oct 2016 08:46 AM PDT

Um bom exemplo de como trabalhar com um orçamento moderado para nos dar uma ótima experiencia.

ARQ é o novo trabalhar do diretor Tony Elliott em parceria com o Netflix e conta a história de Renton (Robbie Amell) e Hannah (Rachael Taylor), dois jovens que vivem num mundo devastado pela guerra e que se deparam com uma maquina que os prendem no mesmo dia repetidas vezes.

O filme não é uma grande obra de ficção cientifica cheia de efeitos especiais, mas isso que me fez gostar bastante dele. Com uma história simples, o diretor aproveitou ao máximo dos recursos que disponha para nos entreter, fazendo um trabalho melhor do que muitas grandes produções.

arq_03

Ás vezes é na simplicidade que encontramos boas histórias. Você não precisa de 100 milhões em orçamento para contar uma boa (embora isso ajude bastante), e nossa dupla de protagonista estava muito boa. O filme foca muito na dinâmica entre os dois, no seu vilão e nas reviravoltas que vemos cada vez mais que o dia se reinicia.

Eu gostei bastante do fato de nosso protagonista não ser o típico herói que esperávamos. Na verdade, ele é um pouco egoísta e pensa mais em como sobreviver nesse mundo da melhor maneira possível. Esse pensamento, com certeza é o mais realista e me fez ver a história de outro modo.

arq_01-800x533

No final, ARQ é um bom filme de ficção cientifica com uma boa dupla de protagonistas. Não existe nada de extraordinário nele, mas você pode relaxar e se divertir por uma hora e meia.

ARQ | Crítica
77%Pontuação geral
Personagens 75%
Enredo 85%
Fotografia 80%
Efeitos Especiais 70%
Trilha Sonora 75%
Votação do leitor 0 Votos
0%

The post ARQ | Crítica appeared first on Burn Book - Sua fonte de literatura, cinema e entretenimento!.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge