Livroterapias

Conteúdo Recomendado

Livroterapias


Resenha: As cores da vida, de Kristin Hannah

Posted: 28 Sep 2016 10:40 AM PDT


AS CORES DA VIDA
Autora: Kristin Hannah
Editora: Arqueiro
Páginas: 352

Sinopse: Uma arrebatadora história sobre irmãs, rivalidade, perdão e, em última análise, o que significa ser uma família. As irmãs Winona, Aurora e Vivi Ann perderam a mãe cedo e foram criadas por um pai frio e distante. Por isso, o amor que elas conhecem vem do laço que criaram entre si. Embora tenham personalidades bastante diferentes, na verdade são inseparáveis. Winona, a mais velha e porto seguro das irmãs, nunca se sentiu em casa no rancho da família e sabe que não tem as qualidades que o pai valoriza. Mas, sendo a melhor advogada da cidade, ela está determinada a lhe provar seu valor. Aurora, a irmã do meio, é a pacificadora. Ela acalma as tensões familiares e se desdobra pela felicidade de todos – ainda que esconda os próprios problemas. E Vivi Ann é a estrela entre as três. Linda e sonhadora, tem o coração grande e indomável e é adorada por todos. Parece que em sua vida tudo dá certo. Até que um forasteiro chega à cidade... Então tudo muda. De uma hora para a outra, a lealdade que as irmãs sempre deram por certa é posta à prova. E quando segredos dolorosos são revelados e um crime abala a cidade, elas se veem em lados opostos da mesma verdade.

Olá Leitores!
É sempre um prazer resenhar livros da Kristin Hannah. Sou simplesmente apaixonada por esta mulher! Tanto que compro/solicito os livros sem nem ler a sinopse.
Essa é mais uma história que ficará gravada em minha memória.
Vamos conhecê-lo?
As cores da vida, de Kristin Hannah, nos conta a história das irmãs Greys: Winona, Aurora e Vivi Ann. Elas perderam a mãe muito cedo e aprenderam a cuidar uma das outras.

Winona é a irmã mais velha e tomou para si a responsabilidade de criar suas irmãs. Sempre focada, se formou em Direito, mas nunca teve muito sucesso com os assuntos do coração e sente falta do pai, que se distanciou nas filhas.

Aurora é a irmã do meio. Um ponto de equilíbrio entre as irmãs. Sempre tentando manter a harmonia, se casou muito cedo e se dedica bastante as pessoas que ama.

Vivi Ann é a caçula. A mais bonita e destemida das irmãs. Apaixonada por cavalos, ela ajuda o pai a administrar a fazenda da família.

Elas possuíam um pacto: Acima de qualquer coisa, estava a o amor que nutriam uma pela outra. Contudo, isso não significa que não houvesse conflitos. Winona e Vivi Ann vivam uma delicada relação.

Winona sempre tentou ter atenção do pai, teve problemas com a balança, só pensava em trabalhar e não era bem sucedida em assuntos do coração. Situação completamente diferente de Vivi Ann que era uma das mulheres mais bonitas da cidade e vivia colada com o pai e vários queriam namorá-la. Isso gerava um certo ciúme em Winona.

Tudo piorou quando Luke, melhor amigo e paixão secreta de Winona retorna à cidade. Ela sente que existe a oportunidade de aproximar-se dele, mas para sua surpresa, ela se interessa por Vivi Ann. Logo sua irmã!

Claro que Winona fica arrasada, mas é Aurora quem a alerta: Se ela confessar à Vivi Ann que sente algo por Luke, ela jamais ficará com ele, afinal elas sãos as irmãs Grey.

Só que a vida prega peças e quando Winona está procurando um novo homem para trabalhar na fazenda do pai, surge Dallas que mudará o rumo dessa história. Esse homem tão misterioso e descendente de índios conquistará o coração de uma das irmãs e mudará completamente a estrutura da família.

Mas será que a relação entre as irmãs sobreviverá aos inúmeros desafios que serão impostos com o passar do tempo?


Profundo e Sensível.
Mais uma vez Kristin Hannah escreve um livro que nos leva à reflexão.

Senti tantas coisas ao ler As cores da vida. Esse é um romance que valoriza e muito as relações familiares. Como nos comportamos diante dos conflitos com nossos irmãos e quais as consequências de atitudes impensadas.

A narrativa é dividida em duas fases. Infelizmente não posso dar mais detalhes da segunda fase do livro, pois seria um grande spoiler, mas posso falar que continua abordando os conflitos. Gostei muito da construção e distribuição dos fatos ao longo da história. Só serviu para prender ainda mais a atenção do leitor.

As personagens foram muito bem pensadas e construída, com atenção especial para Winona e Vivi Ann que apesar de tão diferentes, possuem um elo intenso. E sabe o melhor? Não existe mocinho ou vilão aqui. Todos são bastante reais e comuns, cometendo erros e acertos que eu ou você poderíamos cometer. E todos aprendem com suas escolhas.

Gostei bastante de desfecho. Apesar de um tanto previsível, possuiu uma carga dramática forte e causou um verdadeiro choque de realidade! Apesar da história possuir algumas "teias" tudo foi esclarecido e nenhum ponto ficou solto. Como a cada leitura de livros da Hannah, terminei com a sensação de dever cumprido e saudade.

Leitura obrigatória para os fãs da autora e um ótima opção se você quer conhecê-la. Aliás, se você gosta de livros que tratem de relações familiares, conflitos, amizades, dramas, reviravoltas e amor, com certeza As cores da vida é uma excelente dica ;)

Gostaram?
Conhecia o livro?
Ficaram curiosos?
Comentem!

Abraços e até mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge