Garotas e Livros

Conteúdo Recomendado

Garotas e Livros


Três coisas sobre você - Julie Buxbaum

Posted: 23 Aug 2016 09:57 AM PDT


"Eu fico com vontade de saber o que se passa nessa sua cabeça, vou ser sincero. Não costumo me interessar pelo que há na cabeça dos outros, a minha já dá trabalho o suficiente."

Esse foi um livro no qual criei bastante expectativas por toda a divulgação da editora Arqueiro sobre ele. Ansiei tê-lo em mãos e quando eu tive não consegui largar, tão pouco queria que acabasse. No fim, queria mais. Mais história, mais conversas, mais três coisas sobre você.


Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante.

Título original: Tell me three things
Autor: Julie Buxbaum
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 288


Três coisas pelas quais você deve ler este livro:

(1) a capa dele é incrivelmente fofa! não se deve julgar um livro pela capa, mas convenhamos, ela é a primeira coisa que pode ~ pode, não é sempre, não há regras aqui ~ nos chamar atenção. e as ilustrações são lindas.

(2) a autora consegue te deixar encantada com a trama desde a primeira página. quem não gostaria de saber quem é a pessoa que te mandou um e-mail misteriosamente, dando dicas de como sobreviver a uma nova escola? e por que essa pessoa vai parecer tão essencial pra você com o passar dos dias?

(3) criamos um elo com a história de tal modo que não queremos fim. não queremos que o livro acabe, queremos mais momentos compartilhados, mais e-mails e mensagens trocadas, mais três coisas sobre tudo. é um livro incrível.

"O tempo não cura todas as feridas, não importa quantos cartões de pêsames rabiscados às pressas por parentes distantes jurem que isso seja verdade."


A adolescência não é uma fase simples. O ensino médio também não. Li ou vi em algum lugar recentemente (agora não lembro se foi nesse livro, faz certo tempo que li) que existe dois tipos de pessoas: as que amaram o ensino médio e as que tentam se recuperar dele até hoje. Jessie teve que se mudar com o pai, de forma totalmente inesperada, para um outro estado, uma cidade muito longe de onde ela sempre viveu, para morar com a nova madastra e o novo irmão. Viver com o seu pai depois da morte da mãe já tem sido duro o suficiente, e uma nova família não esperada, avaliada, desejada, foi um choque tremendo. Mas bem vindos à realidade. As coisas simplesmente acontecem e ela tenta lidar com isso da maneira como pode. A escola é realmente uma selva, só adolescentes ricos desfilando pelos corredores de uma escola particular em Los Angeles. Até que um e-mail de alguém que prefere manter o anonimato se oferece para ajudar com coisas básicas da escola, desde quem fazer amigos e de quem - ou do que - manter distância. Assinando como Alguém Ninguém (AN), e revelando ser um garoto que apenas quer ser o "guia espiritual virtual", a conversa entre Jessie e AN é o que a ajuda a passar por toda a barra de ser uma novata numa escola que foge totalmente do seu mundo.

"De repente me pergunto se é isso que acontece quando as pessoas se conhecem pela internet. Uma conexão sem contexto. Uma boa primeira impressão muito mais fácil de ser causada porque pode ser manipulada."

É um livro teen muito bem escrito naquele cenário de ensino médio: garotos bonitos, garotas nerds legais, garotas barbies estúpidas. Mas não é só isso! É um livro cheio de humor, de ironia, de relacionamento familiar, de amizade. A história em que todo mundo já pensou ou já leu em algum lugar, mas escrita de uma forma deliciosamente única como a Julie fez. Vamos acompanhando Jessie nessa nova escola e torcendo pra que tudo dê certo a cada momento. Aquele cara bonito mas estranho com quem ela acaba fazendo trabalho em dupla, Ethan. A menina nerd com quem ela puxa papo, a Dri. A garota que implica com suas roupas, a Gem. O novo irmão que mal olha para ela, o Theo. A nova madrasta, muito ocupada para tentar se aproximar, a Rachel. Você ainda consegue amar a Scartlett, sua melhor amiga de Chicago, com quem ela não deixa perder contato. Mas AN se torna um personagem tão amorzinho que não tem como não se apaixonar. 

"Não, a verdade é que não quero estar em lugar nenhum, porque onde quer que eu vá estarei comigo. Estou presa neste cérebro, neste corpo, nesse terrível pântano de humanidade."

É um livro cheio de clichês sim, é previsível sim, é bem adolescente sim. Mas é totalmente delicioso de se ler sim! A história gira em torno de quem é AN (que pra mim foi bem óbvio), mas há todo o contexto de amadurecimento da Jessie. Ela só tem 16 anos, tem muita coisa que a gente passa na adolescência e que vemos refletidos na vida dela. A escrita da Julie é leve e fluida, e lemos o livro bem rápido. O humor ácido contido na obra é muito bom de se ler. São mudanças e recomeços, amizades e família, mistério e romance. Eu só fiquei triste porque acabou. Eu realmente queria mais e mais dele. Porque às vezes um livro não é só um livro, as vezes um livro é pura magia.
Apesar de muita gente tem gostado do livro, vi uma crítica negativa e bem real em certas coisas, e queria levantar o ponto do quão perigoso é manter um papo com um estranho pela internet, sim há perigo nisso, então cuidado!, dentre alguns outros comentários falhos de Jessie. Mas a gente releva pela imaturidade. Eu recomendo muitíssimo a leitura. LEIAM! LEIAM SIM! 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge