Fome de Livros

Conteúdo Recomendado

Fome de Livros


Promoção - Estrela Amarela

Posted: 21 Aug 2016 05:00 PM PDT

Oi, oi, oi!!! 
Cinco dias para a Bienal!!! Quem está animado? Quem vai? Eu e algumas das meninas estaremos lá nos dias 27 e 28 e estamos suuuuper ansiosas. Mas tudo bem, eu sei que não é disso que vocês querem saber, então, lá vai. 
O livro de hoje é cruel e mexeu muito comigo. E, exatamente por isso, merece muito ser lido. Estrela Amarela é baseado em fatos reais e conta a história de uma menina de apenas quatro anos que se viu presa em um gueto durante o Holocausto. 
Se fosse vocês, não perderia a chance de me inscrever!



Aqui vão as regras:
- A promoção começa no dia 21/08 e termina em 11/09.
- É obrigatório possuir um endereço fixo no Brasil.
- O livro será enviado pelo blog em até 30 dias.
- Caso você seja sorteado, receberá um e-mail e, caso não responda-o em até 48 horas, será feito um novo sorteio.
- Não é necessário comentar nesse post.
- Se o seu twitter ou Facebook forem bloqueados, não utilize essas entradas, já que não tenho como verificar. Caso você prefira, pode adicionar o perfil do blog para que eu veja suas curtidas no Facebook.

a Rafflecopter giveaway

Boa sorte e até a próxima!!!

Resenha - Thomas e sua Inesperada Vida Após a Morte.

Posted: 21 Aug 2016 10:18 AM PDT

Resenha feita pela Lary
Título: Thomas e sua inesperada vida após a morte.
Livro Único.
Autora:
Editora: Seguinte
Páginas: 240
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Submarino // Amazon

Sinopse: Roubar túmulos é um negócio arriscado. É, na verdade, um péssimo negócio. Para Thomas Marsden, a partir de uma noite de primavera em Londres (véspera do seu aniversário de doze anos), esse passa a ser um negócio também assustador. Isso porque, deitado em uma cova recente, ele encontra um corpo idêntico ao seu. Esse é apenas o primeiro sinal de que alguma coisa muito esquisita está acontecendo. Muitos outros vêm em seguida, até que Thomas vai parar num mundo estranho, habitado por fadas e espiritualistas, onde a morte é a grande protagonista. Desesperado para conhecer a sua verdadeira história e descobrir de onde vem, Thomas vai ser apresentado à magia e ao ritual, e vai se dar conta de que, de vez em quando, aquilo que faz dele um garoto comum pode torná-lo extraordinário.

A Trama: Thomas é um pobre garoto londrino, tem sorte de ainda ter uma família, e mesmo a contragosto ajuda seu pai em seu "trabalho". Roubar túmulos não é muito agradável e ele sempre se sente observado, mas eles conseguem colocar comida na mesa e é isso que importa no final das contas. Em umas das "caçadas" noturnas, Silas pede que Thomas encontre "seus ossos" e é literalmente o que ele faz. Quando abre uma cova rasa sem caixão,  encontra um garoto completamente idêntico a ele. A trama foi inesperada, mas de forma agradável, a história toma uma rumo completamente diferente do que imaginei. Me surpreendi ainda mais com a autora, soube me cativar com muita facilidade.

O Protagonista: Thomas parece um menino simplório e sem muita personalidade no início da trama, mas não de uma forma que me incomodasse como leitora. Ele parecia argila a ser moldada e tenho certeza que foi exatamente essa impressão que Emma quis causar. Ele é obstinado, e muito maduro para a idade, esperto e empático apesar de mostrar uma certa insensibilidade ao longo da história. Ele não era exatamente inseguro, mas vivia constantemente buscando aprovação, inclusive dele mesmo.


Personagens Secundários: Aqui temos personagens muito interessantes, o que é estranho já que eles não são intrincados e bem pouco explorados. Silas - pai de Thomas é um homem bronco e fechado que está sempre interessado em dinheiro; acha indispensável que Thomas o ajude nos cemitérios e cobra bons resultados da resistência e discernimento do filho. Ele tenta muito disfarçar, mas têm um bom coração. Lucy - a mãe, se perde entre momentos de carinho e dureza, com o filho e a vida. Insiste que Thomas estude me casa, mesmo que seja com livros velhos e caindo aos pedaços. Parece estar sempre angustiada e segurando o mundo nas costas. Gostaria que Cravo-de-Defundo e Rosa-da-Índia tivessem sido mais descritos, queria saber mais sobre eles e suas personalidades; Eles são adoráveis - daquela forma incrível e contemplativa, que sonhamos com as coisas quando ainda somos crianças e tudo parece mais encantado.

Capa, Diagramação e Escrita: A capa é M-A-R-A, amo capas ilustradas. O jogo de cores e texturas ficou incrível, ela ainda é instigante - a única ressalva sobre ela é que talvez incline as pessoas a julgarem o livro como infantil - o que ele não é. A diagramação é simples mas gostei muito da gramatura e textura do papel usado na impressão - Pólen Soft. A escrita de Emma é uma delícia, ela me conquistou totalmente, transformou uma história simples em um sonho!

Concluindo: Amei esse livro, não - ele não vai receber a nota máxima. Ele têm seus defeitos, o final poderia ter sido mais elaborado, a história também é curta e poderia ser mais explorada e sim é uma leitura mais juvenil, mas nada disso incomoda - eu aproveitei muito a leitura, acabei reparando em tudo isso sim, por prática e justamente por gostar da leitura - mas super recomendo o livro e estou louca para ler mais de Emma Trevayne!

Quotes:
Era hora de encontrar seus ossos. E, mais uma vez, eles eram literalmente seus - osso, sangue e família.
Classificação:
                                            
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge