Fome de Livros

Conteúdo Recomendado

Fome de Livros


Resenha - Como Procurar Um Cachorro Perdido

Posted: 13 Aug 2016 09:30 AM PDT

Resenha feita pela Luh!  
Título: Como Procurar um Cachorro Perdido – por Rosa Howard
Título Original: Rain Reign
Livro Único
Autora: Ann M. Martin
Ano: 2016
Páginas: 228
Saiba mais: Skoob
Comprar: Fnac // Amazon

Me surpreendeu muito.

Sinopse: Rosa Howard tem quase 12 anos e é obcecada por regras, especialmente as da língua – um sintoma de seu diagnóstico de autismo. Nem todos entendem bem as obsessões de Rosa e tudo que a torna diferente. Suas professoras, as outras crianças e até mesmo seu pai – uma figura distante, apesar do convívio diário – têm muitas dificuldades em lidar com ela. Felizmente, seu querido tio Weldon e sua cachorra Poça estão sempre presentes.
Porém, quando uma tempestade terrível atinge a cidade onde Rosa vive, Poça desaparece. A menina não tem dúvida: seu pai não deveria ter deixado Poça sair de casa no meio de uma supertempestade. 
Rosa precisará encontrar sua cachorra, mesmo que isso signifique quebrar sua rotina e ir a lugares onde ela não está acostumada. E, quando tudo parece estar resolvido, ela encontra os antigos donos da Poça…

A Trama: Tenho uma confissão a fazer: não estava esperando muito desse livro. Eu não sei exatamente porque, só sei que acreditava, ao iniciar a história, que o livro seria mediano. E por umas 50 páginas foi verdade, a autora tomou um bom tempo para "explicar" a trama. Mas quando a história realmente começa, é impossível não se apaixonar pela pequena Rosa e por Poça.
A trama foi melhorando progressivamente e de maneira constante, de modo que no final do livro eu já estava chorando muito e torcendo para não acabar tão rápido. É uma história linda, que merece ser divulgada, e acredito que muita gente vai amar tanto quanto eu amei.

A Protagonista: Rosa tem tantas qualidades incríveis! É uma criança extremamente inteligente, capaz de captar com rapidez o que está acontecendo a sua volta, além de ser muito corajosa e altruísta. Ela tem algumas pequenas manias que podem incomodar no início, como sua paixão por homônimos (ela honestamente fala sobre eles em todos os 49 capítulos) ou por números primos, porém quando você começa a conhecer a pessoa por trás das manias.... nada mais importa.

Os Personagens Secundários: Apesar de ser um animal, Poça foi a melhor personagem. A cadelinha era muito inteligente e me apeguei a ela. Desde que chegou na casa de Rosa, Poça mudou sua vida e sua rotina para melhor.
Há diversos personagens secundários, como a família de Rosa e seus colegas de classe, porém a trama realmente foca na protagonista.

Capa, Diagramação e Escrita: Eu gosto muito dessa capa por deixar o livro com um ar de mistério, ela chama a atenção das pessoas mais jovens, o que é ótimo, porque acredito que esse é um daqueles livros que pode ser lido por qualquer pessoa, de crianças a adultos.
A escrita da Ann é bem simples, provavelmente porque o livro é contado do ponto de vista de uma criança, porém ainda assim consegue transmitir muito bem os pensamentos e sentimentos dos personagens. Eu gostei bastante, apesar de não estar emocionalmente preparada para ler outro de seus livros em um futuro próximo (preciso me recuperar!).

Concluindo: O final foi daqueles que realmente te toca e me fez chorar e ao mesmo tempo refletir. Fiquei extremamente feliz por ter dado uma chance à essa história, e espero que você também possa dar.


Classificação:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge