Giro UOL: mais uma fase da Lava Jato; que dólar, que nada... e gols para dar e vender

Conteúdo Recomendado

Giro UOL
Moderninha
 
Veja a seleção de notícias que o UOL fez para você nesta manhã - 01/07
Mais uma fase da Lava Jato
Lula Marques/Folha imagem
A Polícia Federal deflagrou mais uma etapa da operação Lava Jato na manhã desta sexta-feira. Um dos alvos da ação é a empresa JBS, dona da Friboi. Essa operação da Lava Jato é baseada em delação de Fábio Cleto, ex-vice-presidente da Caixa, indicado por Eduardo Cunha.

O doleiro Lúcio Funaro também foi preso em São Paulo. Ele é apontado pelos investigadores da Operação Lava Jato como "guardião de segredos de Eduardo Cunha", presidente afastado da Câmara dos Deputados. Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar   no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
Sem políticos
Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
O presidente interino, Michel Temer, sancionou ontem a proposta que estabelece as novas regras para nomeação de diretores e conselheiros de estatais, aprovada na semana passada pelo Senado.

A sanção da Lei de Responsabilidade das Estatais vai ser publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União e vai manter a proibição de indicação de dirigentes de partidos políticos para diretorias e conselho de administração de estatais. Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
Omitiu propina em acordo
O empresário Augusto Mendonça, da Setal, omitiu propina de R$ 103 milhões em acordo de delação na Lava Jato. O pagamento teria sido por contratos da Petrobras para a construção de duas plataformas de petróleo.

O caso é um dos maiores subornos da operação. Mendonça foi o primeiro empresário a fechar a delação e nunca foi preso. Os advogados não quiseram comentar essa omissão.
 
Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar   no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
Silêncio
José   Cícero da Silva/Agência Pública
A presidente afastada, Dilma Rousseff, decidiu não depor pessoalmente na comissão do impeachment no Senado na próxima quarta-feira (6). O advogado dela, o ex-ministro José Eduardo Cardozo, deve falar no lugar da petista.

Dilma não era obrigada a comparecer no depoimento agendado para a próxima semana, e aliados avaliam que seria melhor, se ela for pessoalmente ao Senado, que seja no plenário, não na comissão especial. Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
Sem acordo
Charles Sholl/Futura Press/Estadão Conteúdo
A tentativa de costurar um acordo para viabilizar uma renúncia de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do cargo de presidente da Câmara já enfrenta resistências nas bancadas de partidos como o PSDB, PSB e PPS.

Cunha afirmou que abriria mão do cargo se o Palácio do Planalto conseguisse unificar siglas que antes estavam na oposição em torno de um nome bancado pelo peemedebista para ficar no lugar dele. Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
Que dólar, que nada...
Nelson A.   Ishikawa/iStock
O real terminou o primeiro semestre deste ano com ganho de 19,59% frente ao dólar no mercado à vista, na casa dos R$ 3,18. A moeda brasileira liderou o ranking global de valorizações neste ano.

Somente em junho, o real teve alta de 11,46%, também na liderança do ranking mundial. Foi o maior salto mensal desde abril de 2003 (+13,23%).
 
Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
As regras mudaram
Brian   Snyder/Reuters
A Capes, uma das principais agências do governo federal responsável por bolsas de estudos no exterior, como no caso do programa Ciência sem Fronteiras, pode, a partir de agora, cancelar bolsas de pesquisas que já tinham sido concedidas.

A decisão ocorre por causa de restrições orçamentárias. A nova regra vale de graduação a pós-doutorado fora do país. Essa norma surge no momento em que o Senado vai decidir se continua ou não com o programa Ciência sem Fronteiras. A proposta tem causado controvérsias. Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
Municipal e estadual
Creative Commons
O Ministério Público apontou que farmácias públicas municipais e estaduais em São Paulo sofrem com falta de medicamentos. A investigação aponta desabastecimento de cerca de cem remédios e alguns chegam a ficar seis meses sem serem oferecidos.

Foi constatada carência de antibióticos, antialérgicos e anticonvulsivos, considerados básicos e essenciais por serem de uso frequente de crianças e idosos. Em resposta, o Estado negou que isto esteja acontecendo. Já a prefeitura disse que ocorreram atrasos, mas que já repôs o estoque. Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
Gols para dar e vender
Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
E o fim da rodada do Brasileirão foi marcado por muitos gols. O Atlético-MG venceu o Botafogo por 5 a 3 no Mineirão. O equatoriano Cazares foi o nome da noite, com dois gols e duas assistências.

Já o Palmeiras ignorou a pressão do Corinthians, que tinha encostado na tabela, e abriu ontem três pontos de vantagem. A equipe paulista venceu o Figueirense por 4 a 0 no Allianz Parque e manteve a liderança isolada do campeonato.
 
Leia mais
Compartilhar no   Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
 
 
PATROCINADO POR:
Moderninha
 
Baixe o aplicativo UOL:   Apple Store Google Play
UOL Facebook Twitter Pinterest Instagram Snapchat: @uoloficial
Se deseja cancelar o recebimento da newsletter do Giro UOL, clique aqui.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge