Fome de Livros

Conteúdo Recomendado

Fome de Livros


Resenha - A Guerra dos Mundos

Posted: 29 Jul 2016 12:05 PM PDT

Resenha feita pela Tay!
Título: A Guerra dos Mundos

Título Original: The War of The Worlds
Livro Único.
Autor: H. G. Wells
Editora: Suma de Letras
Páginas: 310
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: 
Amazon // Saraiva // Submarino

Sinopse
Eles vieram do espaço. Eles vieram de Marte. Com tripés biomecânicos gigantes, querem conquistar a Terra e manter os humanos como escravos. Nenhuma tecnologia terrestre parece ser capaz de conter a expansão do terror pelo planeta. É o começo da guerra mais importante da história. Como a humanidade poderá resistir à investida de um potencial bélico tão superior?
Publicado pela primeira vez em 1898, A guerra dos mundos aterrorizou e divertiu muitas gerações de leitores. Esta edição especial contém as ilustrações originais criadas em 1906 por Henrique Alvim Corrêa, brasileiro radicado na Bélgica. Conta também com um prefácio escrito por Braulio Tavares, uma introdução de Brian Aldiss, membro da H. G. Wells Society, e uma entrevista com H. G. Wells e o famoso cineasta Orson Welles responsável pelo sucesso radiofônico de A guerra dos mundos em 1938 , que fazem desta a edição definitiva para fãs de Wells.

A TramaSe você estiver esperando ler o filme com o Tom Cruise nesse livro, já adianto que não é isso o que irá encontrar. Apesar de se passar no final do século XIX fiquei impressionada com a riqueza de detalhes das tecnologias marcianas criadas pelo autor. A história ainda é dividida em dois livros. Eu gostei do início da primeira parte, mas achei o restante um pouco enrolado, principalmente quando o protagonista começa a falar sobre o que estava acontecendo com seu irmão. Eu sei que essa foi uma estratégia para poder mostrar como estava a situação de Londres com a invasão, mas foram capítulos bem entediantes para mim. Já a segunda parte foi minha favorita, pois várias coisas interessantes acontecem, e isso foi o que me manteve grudada às páginas. O mais interessante, num geral, é compararmos as reações das pessoas daquela época com as de hoje em dia, como o caos toma conta e ninguém consegue pensar com clareza.

O ProtagonistasNão me lembro de ter lido o nome do protagonista em algum momento, mas de fato não é algo tão importante na história, já que só lá pelo final do livro eu fui perceber que não sabia seu nome. Sua jornada é bem árdua, apesar de que poderia ter evitado tudo se tivesse sido mais esperto. De qualquer forma, ele soube se virar bem e sobreviver, isso se torna ainda mais interessante na segunda parte da história

Personagens SecundáriosApesar do caos, apenas dois personagens secundários realmente se destacam: o artilheiro e o padre. E com os dois conseguimos perceber o que toda aquela destruição, aquela aniquilação consegue fazer com o psicológico de alguém, mesmo que não tenha se passado nem uma semana desde a chegada dos marcianos. Com o padre, inclusive, presenciamos momentos de muita tensão. 

Capa, Diagramação e EscritaEssa edição está maravilhosa, com capa dura, prefácio, introdução e até uma entrevista com o autor e o diretor do primeiro filme no final. Além das várias ilustrações ao longo do livro, em que conseguimos visualizar melhor o que o autor está nos mostrando. O livro é narrado em primeira pessoa, na primeira parte não senti o texto ser tão fluido quanto na segunda. O autor divaga um pouco sobre algumas coisas, o que pode tornar alguns trechos arrastados. O interessante também é a forma que a história nos é contada, como um relato do narrador, que em vários momentos fala diretamente com o leitor. A sensação que me isso me deu foi de estar lendo uma história real, o que é bem aterrorizante. 

ConcluindoEu gostei do livro, apesar de não ter sido algo super incrível de ler. Tenho certeza de que foi algo inovador na época em que foi lançado, mas algumas coisas não foram tão surpreendentes para mim. Foi uma leitura que valeu a pena, principalmente por ter uma segunda parte tão impactante, então recomendo se você for fã de ficção-científica, porque vale a pena conferir os primórdios do gênero.

Quotes:
(...) E, invisível aos meus olhos porque ainda pequena e remota, voando veloz e regularmente em minha direção através daquela incrível distância, aproximando-se milhares de quilômetros a cada minuto, vinha a Coisa que eles mandavam para nós, a Coisa que traria tantas lutas, mortes e calamidades à Terra. Jamais imaginei nada disso enquanto observava; ninguém na Terra sonhava com aquele infalível projétil.

(...) Percebi a primeira insinuação de algo que logo se tornou claro em minha mente, e que me oprimiu durante muitos dias - uma sensação de destronamento, a convicção de que já não era o mestre, mas um animal entre outros, sob a tirania dos marcianos. Daí em diante, como os animais, nós espreitaríamos, fugiríamos, buscaríamos esconderijos. O terrível império humano caíra.

- Isso não é uma guerra - prosseguiu o artilheiro. - Nunca foi uma guerra, assim como nunca houve uma guerra entre o homem e as formigas.

Classificação:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge