Fome de Livros

Conteúdo Recomendado

Fome de Livros


Resenha - Ser Feliz É Assim

Posted: 23 Jul 2016 11:00 AM PDT

Resenha feita pela Maay!  
Título: Ser Feliz É Assim
Título Original: This is What Happy Looks Like
Série: Ser Feliz É Assim
1- Ser Feliz É Assim
1.5- Happy Again
Autor: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 400
Ano: 2014
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Extra

Eu esperava mais, confesso. 

SinopseA vida — assim como o amor — é cheia de conexões inesperadas e enganos oportunos. Uma ligeira mudança no curso pode gerar consequências surpreendentes. Afinal, às vezes, o desvio, o atalho é o verdadeiro caminho. A estrada que deveríamos ter escolhido desde sempre... Se pelo menos tivéssemos a coragem de fazer do coração nossa bússola.
Graham Larkin e Ellie O'Neill não poderiam ser mais diferentes. O rapaz é um ídolo adolescente, um astro das telas de cinema; uma vida calcada na imagem. O cotidiano constantemente sob o escrutínio dos refletores. Agentes, produtores, RPs, assessores... Já Ellie passou a vida escondida nas sombras, fugindo de um escândalo do passado enterrado em sua árvore genealógica.
Mas, mesmo sem aparentemente nada em comum, os dois acabam se conhecendo — ainda que virtualmente — quando Graham envia a Ellie, por engano, um e-mail falando sobre o porco de estimação Wilbur. Esse primeiro contato leva a uma correspondência virtual entre os dois, embora não saibam nem o nome um do outro. Os dois trocam detalhes sobre suas vidas, esperanças e medos.
Então Graham agarra a chance de passar tempo filmando na pequena cidade onde Ellie mora, e o relacionamento virtual ganha contornos reais. Mas será que duas pessoas de mundos tão diferentes conseguirão ficar juntas? Será que o amor é capaz de vencer — mesmo — qualquer obstáculo? E mais importante... é possível separar ilusão de realidade quando o coração está em jogo?


A TramaMais uma vez, Jennifer brinca com o destino. Uma letra errada faz com que Ellie receba o primeiro e-mail de Graham. Os dois começam a conversar, as conversas começam a ser mais frequentes, e aí vocês com certeza sabem que um romance vai nascendo.
Você pode achar que a maior dificuldade nesse romance será o fato de eles morarem em lados opostos o país. Não é. Graham é um astro de cinema e Ellie não sabe disso ainda. E acreditem, para ela, isso será um baita de um problema. 
Enfim... Um belo dia nosso garoto prodígio consegue fazer com que as gravações de seu futuro filme aconteçam na cidadezinha onde Ellie mora, eles se encontram e são felizes para sempre e vão ter que dar muito duro para fazer com que essa relação funcione.
A trama tinha um potencial extraordinário, que infelizmente não foi bem aproveitado.


Os Protagonistas: Não consegui construir uma relação com os protagonistas. E essa, com certeza, é uma das razões pelas quais o livro não foi tudo o que eu esperava. 
A autora conseguiu ser tão intensa nas poucas páginas de A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista, que é impossível não elevar as expectativas quando nos deparamos com 400 páginas. E aí o foco fica o tempo todo no romance, quando tinham tantas outros plots interessantes para serem explorados... Queria mais. Mais da relação dos dois com seus pais, que ficou tão de lado. Mais de suas relações com os amigos. Mais de tudo. 

Personagens SecundáriosOutra coisa que foi deixada de lado, foram os personagens secundários. Eles aparecem, marcam presença e tal, mas não mostram a que realmente vieram. E, se nem com os protagonistas consegui construir uma relação, imaginem com os outros personagens. 

Capa, Diagramação e Escrita: Queria não ser chata, mas eu não consigo gostar dessa capa. Parece que falta alguma coisa, o título é meio desproporcional, não sei explicar, mas não consigo gostar. 
A narrativa é em terceira pessoa e ao final de cada capítulo temos um e-mail que foi trocado pelos personagens (minha parte favorita). 
A escrita de Jennifer é bem tranquila e fluída. Talvez esse tenha sido o ponto alto do livro - apesar de todas as falhas na trama, ela ainda consegue criar os melhores quotes e nos envolver de uma forma que lemos cem páginas sem nem perceber

ConcluindoSinceramente, com duzentas páginas a menos, esse livro seria sensacional. O problema é que, apesar da fluidez da narrativa, o grande número de páginas fez com que, em alguns momentos, a história se tornasse arrastada.
Se você já conhece o trabalho da autora, vale a pena lê-lo - apenas não eleve muito as expectativas -, porque, apesar de tudo o que falei, a história é legal e cumpre o seu papel de entreter ao leitor.
Agora, se você ainda não a conhece: A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista. Esse é o livro que me faz ainda classificá-la como uma de minhas autoras favoritas. 

Quotes:
Assunto: Ser feliz é

Ver o sol nascendo no porto. Tomar sorvete num dia de calor. Ouvir o barulho das ondas ali no fim da rua. O jeito como meu cachoro se enrosca perto de mim no sofá. Dar um passeio a pé de noitinha. Filmes legais. Tempestades. Um belo cheeseburger. Sextas-feiras. Sábados. Quartas-feiras, até. Mergulhar a ponta dos dedos do pé na água. Calça de pijama. Chinelo de dedo. Nadar. Poesia. A ausência de emoticons num e-mail. 
E pra você, como é ser feliz?
Classificação:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge