Fome de Livros

Conteúdo Recomendado

Fome de Livros


Resenha - O Amor Nos Tempos de #Likes

Posted: 20 Jul 2016 10:00 AM PDT

Resenha feita pela Tay!
Título: O Amor Nos Tempos de #Likes

Livro Único.
Autores: Pam Gonçalves, Bel Rodrigues, Hugo Francioni e Pedro Pereira
Editora: Galera Record
Páginas: 272
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: 
Amazon // Saraiva // Submarino

Sinopse
Os tempos mudaram, mas e o amor? Continua a dar aquele frio na barriga e fazer os jovens atravessarem quilômetros para viver uma paixão? Em "O Amor nos Tempos de #Likes", quatro booktubers se inspiram em três histórias da literatura para criar suas versões de contos românticos na era digital. Uma bela, jovem e famosa youtuber com medo do amor; um casal inesperado em um encontro às escuras (literalmente) e dois meninos apaixonados por livros tentando entender quem são e o que querem são os protagonistas destes contos que evocam "Orgulho e Preconceito" (Pam Gonçalves), "Dom Casmurro" (Bel Rodrigues) e "Romeu e Julieta" (Pedrugo).

Os ContosOs três contos do livro são inspirados em clássicos da literatura, de forma bem romântica e fofa, me deixando com um sorriso bobo no rosto ao ler cada um. Além disso, gostei muito de como os contos se ligam de alguma forma, passando no mesmo universo, seja pela Madu assistir aos vídeos da Liz, ou a família do Júlio ser dona da franquia de hotéis em que a Madu ficou quando viajou. O uso da tecnologia foi bem feito em todos os contos, com redes sociais, likes em fotos e canais no YouTube. 
Próximo Destino: Amor (Pam) - Liz é uma das youtubers mais famosas do Brasil e precisa fazer um vídeo sobre o amor, já que o dia seguinte seria o Dia dos Namorados. O problema é que ela não se sente a vontade para falar de um sentimento que sabe que não conhece. Além disso, ela está indo ficar um tempo na casa dos pais, o que não será nada fácil devido ao gênio de sua mãe. O conto me lembrou um pouco de A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista, mas mesmo assim eu gostei e achei super fofo. As referências a Orgulho e Preconceito estão lá, mas só quem leu consegue encontrá-las. Fiquei com vontade de ler mais da história de Liz e Will, com certeza deixou um gostinho de quero mais.
(Re)Começos (Bel) - Madu vai passar seu aniversário de 18 anos em Búzios, longe da família e acaba encontrando muito mais do que esperava nessa viagem. Eu gostei muito desse conto, porque consegui me envolver com os personagens. É aquele que eu queria MUITO que fosse transformado em um romance para continuar lendo sobre a história de Madu e seu "par romântico". O conto ainda aborda outros temas que, apesar do curto espaço que a Bel tinha para trabalhar, ela conseguiu inserir bem. Não li Dom Casmurro, então não tenho ideia de qual foi a referência (talvez o relacionamento abusivo?), mas gostei do texto conter menções a Taylor Swift (<3) e astrologia, porque isso é muito a cara da autora.
337 km (Pedrugo) - Júlio e Ramon se conhecem através do Facebook e não conseguem mais parar de conversar um com outro, já que têm tanto em comum. A única coisa que os separa é a distância, e isso pode ser um problema quando os sentimentos um pelo outro vão ficando mais fortes. Esse conto é recheado de referências (não apenas a Romeu e Julieta, mas também a séries, livros, Inês Brasil) e eu gostei de como isso não pareceu forçado, porque elas combinavam com as personalidades dos personagens. Os autores também tentaram abordar outros temas além do romance (já que é uma história LGBT), mas não tiveram muito espaço e talvez isso fique evidente demais na pressa que algumas coisas são "resolvidas". Além de romântico, o conto também é bem divertido.

Os ProtagonistasLiz é uma garota que tem medo de demonstrar o que sente, principalmente de deixar o amor entrar na sua vida. Apesar dessas inseguranças, eu gostei de como ela conseguiu passar por cima do seu orgulho e do seu medo. Madu é minha protagonista favorita! Ela tem uma personalidade forte, além de ser muito protetora com os amigos. Adorei seu estilo também, com as pontas do cabelo roxas e tatuagens. Júlio tem o sonho de ser escritor, mas acha que seu trabalho não é bom o suficiente para ser publicado. Ramon trabalha em uma livraria, mora sozinho em uma cidade grande e está completamente perdido na vida. Gostei da dinâmica entre os dois e de como foram importantes um para o outro, mesmo se conhecendo a pouco tempo.

Personagens SecundáriosWill precisou "crescer" cedo de mais, para cuidar dos negócios da família e da irmã doente (Giovana, que é uma figura!), então ele também está um pouco fechado, mas pelo que conhecemos dele durante a história, conseguimos perceber que é bem fofo. Gostei bastante da relação da Madu com sua melhor amiga, Sofia, eu conseguia imaginar perfeitamente duas garotas "reais" trocando mensagens noite a fora. Eduardo é apaixonante e gostei da relação dele com a Madu, apesar de poder ser considerado um insta-love (juro que durante o conto é completamente compreensível - ou não, depende do leitor). Minha favorita com certeza é Cristina, melhor amiga de Júlio. Ela pode até ser ciumenta, mas é engraçada, sarcástica e fiel, o momento em que eu ri alto com o livro foi em uma citação sua. Márcia também é divertida, mas não senti que conhecemos tanto dela.

Capa, Diagramação e EscritaA capa é bonita e fofa, para combinar com as histórias. A diagramação também está bem bonita, com ilustrações no início de cada conto e balões de mensagem de texto durante conversas por telefone. Gostei bastante da escrita da Pam, o que me deixou animada para ver o que ela vai fazer em seu livro solo. O dela foi o único narrado em primeira pessoa. Posso dizer que o conto da Bel foi meu favorito e ela tem as melhores citações, a única coisa que me incomodou foi a quantidade de vezes que o termo "a garota" foi utilizado para se referir à protagonista (já que é narrado em terceira pessoa), quando algumas vezes poderia ser substituído por "ela" ou "dela" ou até mesmo "Madu" para evitar essa repetição. Provavelmente cada um escreveu um personagem no conto do Pedro e do Hugo, mas não consegui distinguir muito a narrativa de cada um. É uma escrita boa e fluida, quem quer tenha escrito a Cristina está de parabéns (todos estão, na verdade, mas especialmente quem fez a Cristina, hahaha)!

ConcluindoO livro conta com histórias simples de amor, mas que com certeza vai aquecer o coraçãozinho de quem ler. Eu gostei muito dos contos, são histórias bem amorzinho que eu tenho certeza que vou querer reler em algum momento da minha vida. 

Quotes:

Próximo Destino: Amor
- As pessoas seriam mais felizes se não vivessem a expectativa de outras pessoas (...).

- O ódio e o amor caminham juntos. Muitas vezes eles são usados como disfarce. Pessoas que nos odeiam se fingem de amigas para aplicar o bote. E pessoas que nos amam fingem odiar por ter medo de amar. É muito mais fácil odiar do que amar. No ódio, você se fecha. No amor, se abre e fica vulnerável.

(Re)Começos
- Caramba, quem você pensa que é?! Beto, você é só um cara. E eu sou uma imensidão, sinto universos crescendo dentro de mim todos os dias. E você continua sendo só um cara que infelizmente pensei que poderia mudar, que poderia ser diferente. (...)

- (...) Seria terrível ter que conviver com palavras que não foram ditas e com beijos que não foram dados, não é? Nós não sabemos de nada, não sabemos como as coisas podem mudar se deixarmos o orgulho de lado. Nunca sabemos quando tudo pode dar errado. (...)

337 km
- (...) Julgamos um sorriso sem saber quanta dor é emitida para mantê-lo no rosto.

- Cristina, você é a minha pessoa. Você sempre será a minha pessoa.
- Cale a boca, Meredith Grey! - Cristina sorriu em resposta.

Classificação:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge