Fome de Livros

Conteúdo Recomendado

Fome de Livros


Resenha - Eu Sobrevivi ao Holocausto

Posted: 16 Jul 2016 05:00 PM PDT


Resenha feita pela Maay!
Título: Eu Sobrevivi ao Holocausto - o comovente relato de uma das últimas amigas vivas de Anne Frank
Livro Único.
Autora: Nanette Blitz Konig 
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 192
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob

Uma narrativa intensa e comovente.

Sinopse: Como sobreviver a um campo de concentração? Estaria essa sobrevivência condicionada ao acaso do destino? Em um emocionante relato, Nanette Blitz Konig conta a história de um período em que ela e milhões de judeus foram entregues à própria sorte com a mínima chance de sobrevivência. Colega de classe de Anne Frank no colégio, Nanette teve a juventude roubada e perdeu a crença na inocência humana quando esteve diante da morte diversas vezes – situações em que fora colocada em virtude da brutalidade incompreensível dos nazistas. Hoje, aos 86 anos, Nanette vive no Brasil e expõe suas lembranças mais traumáticas aos leitores. As cenas vivenciadas por ela fizeram os mais experientes oficiais de guerra, acostumados a todos os horrores possíveis, chorarem ao tomar conhecimento. Em uma luta diária pela sobrevivência, Nanette deveria suportar o insuportável para manter-se viva. Através de um depoimento ao mesmo tempo sensível e brutal, ela questiona a capacidade de compaixão do ser humano, alertando o mundo sobre a necessidade urgente da tolerância entre os homens.

A Trama: Que eu gosto muito de livros sobre a Segunda Guerra Mundial, acho que vocês já puderam perceber. Mas nunca li nada parecido com isso... Nunca tinha sido colocada frente à realidade dos campos de concentração dessa forma.
Dos horrores desse período e do que ocorria dentro dos campos todos já ouviram falar, agora, ler esse relato através das palavras de uma pessoa que passou por isso, sobreviveu e conseguiu reconstruir sua vida, é... Indescritível. A força que a autora nos passa, os absurdos a que foi submetida, as cicatrizes físicas e psicológicas com as quais é obrigada a viver até hoje - é tudo tão cru, tão real. 
Minha única reclamação real sobre esse livro é a desnecessidade de estabelecer alguma ligação com Anne Frank. Entendo que é uma forma segura de vender mais, mas Segunda Guerra não é apenas Anne. Milhões de judeus foram vítimas do Holocausto e, apesar de ter se tornado uma espécie de mártir, ela não foi a única. Nanette e ela foram colegas de classe e se encontraram no campo de Bergen-Belsen, ok. Porém, o destaque que foi dado a isso foi um pouco forçado e acabou me incomodando. 


Capa, Diagramação e EscritaGostei bastante da capa, ela, por si só, já passa uma sensação de desolação e combina perfeitamente com o livro. Quando somada com a diagramação então... O que é essa diagramação? No meio do livro, temos algumas páginas com fotos de Nanette, que nos dão uma noção de sua vida antes, durante e depois do período de guerra. Além disso, os melhores quotes já vem destacados na margem!!! Achei essa ideia sensacional, sério. 
A narrativa é crua, simples e absurdamente intensa. Temos a sensação de estar lendo um verdadeiro desabafo, o que torna o Holocausto muito mais verdadeiro para aqueles que não o presenciaram.

ConcluindoO livro é curto e a leitura é fluída, terminei em menos de 48 horas, e isso deveria ser suficiente para que qualquer pessoa desse uma chance a essa obra. Ela merece ser lida. E não somente por se tratar de uma boa história, mas principalmente por ser real - como diz a autora, é de extrema importância que o Holocausto não seja esquecido para que não se repita.

Quotes:
A sobrevivência era uma mera sorte, ou até mesmo um milagre.

Fotógrafos e cinegrafistas do exército registraram as cenas, para que ninguém pudesse dizer que não aconteceu, para que o que se passou em Bergen-Belsen não fosse mais esquecido. 

Como as informações não eram disseminadas como atualmente, os detalhes do Holocausto não eram conhecidos pela maior parte das pessoas, era como se nunca tivesse acontecido. 

Classificação:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge