Burn Book

Conteúdo Recomendado

Burn Book


Rihanna se junta ao elenco de Bates Motel num personagem clássico

Posted: 23 Jul 2016 02:32 PM PDT

Por essa ninguém esperava. No painel de Bates Motel na San Diego Comic-Con desse ano foi revelado que a cantora Rihanna dará vida a Marion Crane, a notória vítima de Norman Bates na famosa cena do chuveiro que marcou o filme Psicose.

A notícia veio da própria cantora, que fez um vídeo de uma maneira bem humorada, mostrando sua empolgação em viver um papel tão icônico que foi imortalizada por Janet Leigh na década de 60.

A 5° temporada de Bates Motel irá adaptar os eventos de Psicose, mas de uma maneira diferente. Então podemos ter umas boas surpresas no caminho, principalmente agora que Vera Farmiga e Freddie Highmore estão totalmente entregues as versões finais de seus personagens.

Só resta esperar para ver quantos morrerão nessa temporada e como Norman vai equilibrar suas duplas personalidades.

The post Rihanna se junta ao elenco de Bates Motel num personagem clássico appeared first on Burn Book - Sua fonte de literatura, cinema e entretenimento!.

A Lenda de Tarzan | Crítica

Posted: 23 Jul 2016 02:13 PM PDT

O  diretor de Harry Potter retorna para trazer a lenda de Tarzan a vida para uma nova geração.

David Yates ficou mundialmente conhecido por ter dirigido os últimos filmes da franquia Harry Potter, com todos esperando o lançamento de Animais Fantásticos e Onde Habitam Habitam, o diretor retorna mais cedo do que esperado com A Lenda de Tarzan. Um filme que com certeza vai dividir opiniões.

Agora um membro da sociedade britânica, Tarzan (Alexander Skarsgård) vive uma vida pacífica com sua amada Jane (Margot Robbie), mas problemas em seu antigo lar fazem com que o americano George Williams (Samuel L. Jackson) o chame para voltar a luta.

Primeiramente, se o Nick Fury surgisse para convidar o Tarzan a se juntar aos Vingadores, eu não teria o menor problema com isso. O filme trata o antigo Rei do Selva como se fosse um super-herói, algo que não foge muito da realidade se você pensar em alguém que cresceu ao lado de predadores em um lugar onde muitos morrem num piscar de olhos. As cenas de ação conseguem impressionar junto com o belo cenário selvagem que os produtores conseguiram criar, levando o espectador a ficar vidrado, mesmo com uns errinhos bobos no CGI. 

Alexandre não falha em seu papel de Tarzan e nos mostra realmente um homem criado por gorilas. Sua química com Margot é bem construída, mesmo os dois não tendo muito tempo de tela. Em poucos momentos você consegue ver porque eles se amam tanto.

580dbd392c6b7eb284f1c2ac58424bdba7dca409

Infelizmente a ação e os cenários não conseguem compensar as falhas óbvias no roteiro e na edição. Ás vezes eu sentia que o filme ficaria muito melhor se focasse apenas nos flashbacks. Nós temos muitos e eles mostram uma origem que seria incrível de explorar.

Mas não é esse o caminho que o diretor segue. Ao invés disso ficamos com um roteiro raso demais, que não consegue explorar todo o potencial da selva, e com personagens secundários mal explorados. Apenas no final é que vemos uma cena realmente grandiosa que me faz querer mais desse personagem tão querido.

the-legend-of-tarzan-5760x3840-alexander-skarsgard-best-movies-2016-10529 (1)

No final, A Lenda de Tarzan é um filme que te conquista mais pelo visual e efeitos especiais do que pelos personagens e conflitos em si. A muita coisa boa aqui, que pode te divertir muito se você não levar muito a sério, mas você pode se ver um tanto confuso algumas vezes.

Confira o trailer abaixo:

[]

A Lenda de Tarzan | Crítica
71%Pontuação geral
Personagens 60%
Enredo 50%
Fotografia 80%
Efeitos Especiais 85%
Trilha Sonora 80%
Votação do leitor 0 Votos
0%

The post A Lenda de Tarzan | Crítica appeared first on Burn Book - Sua fonte de literatura, cinema e entretenimento!.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge