Informativo Junho 2016 - Martins Fontes - selo Martins

Conteúdo Recomendado

Olá, Você está recebendo o informativo de lançamentos da Martins Fontes - selo Martins de maio de 2016 . Caso não visualize esse email adequadamente acesse este link

 



Av. Dr. Arnaldo, 2076 | São Paulo - SP | Tel: 11 3116.0000

www.emartinsfontes.com.br | info@emartinsfontes.com.br

Informativo Martins Fontes - selo Martins - Junho 2016  

   Lançamentos 

 


















 
Nicolau Maquiavel: nos tempos da Política
Autor: Corrado Vivanti
Martins Fontes - selo Martins
Coleção: Clássicos
ISBN: 9788580632545
Ano de Publicação: 2016
Edição: 1ª
Páginas: 208
Formato: 14,0 X 20,0 X 1,5
Acabamento: Brochura
Preço: R$39,00
 

Nicolau Maquiavel: nos tempos da política 

Corrado Vivanti


Sobre o livro:

O espaço de tempo que abrange a vida de Maquiavel (1469-1527) apresenta-se como uma época de profundas transformações que afetaram a própria visão de mundo até então dominante. As grandes navegações e as viagens de descobrimento descortinavam horizontes desconhecidos. Nesse ínterim, a Itália e a Europa passam por acontecimentos cruciais: a França, superado o secular conflito com os ingleses, restabelece o seu poderio; os reinos espanhóis se unem sob uma única Coroa que caminha para impor a sua hegemonia na Europa; os Estados italianos são arrasados por guerras que mergulham sua autonomia em uma profunda crise. E, em 1517, começa na Alemanha a revolução religiosa protestante, destinada a trazer à luz as transformações profundas nas crenças e sentimentos populares e a projetar na Europa as suas consequências mais dramáticas: as guerras religiosas e a ofensiva da Contrarreforma católica.

Maquiavel estava ciente das transformações que mudavam o cenário mundial e advertia sobre a exigência de adequar as instituições e as normas da vida política. Suas funções na República florentina apuraram sua reflexão. Compreender a ligação entre sua atividade e suas obras, que logo se tornaram fundamentais para compreender as vicissitudes dos homens reunidos em sociedades políticas, é a razão de fundo deste livro que Corrado Vivanti, um dos maiores estudiosos de Maquiavel ,quis conceber como síntese e ápice de uma longa pesquisa e que se propõe a apresentar uma recensão de seus escritos mais famosos, desde O príncipe até A mandrágora, desde os Discursos sobre a primeira década de Tito Lívio até A arte da guerra e à História de Florença. Fundamentada na lição das coisas antigas e na experiência das coisas modernas, a obra do secretário florentino uma vez mais se mostra, assim, capaz de promover uma melhor compreensão dos tempos e do mundo.


Sobre o autor:

Corrado Vivanti publicou pela Pléiade Einaudi as obras de Maquiavel em 3 volumes (1997, 1999 e 2005). Autor deLotta politica e pace religiosa in Francia fra Cinque e Seicento [Luta política e paz religiosa na França entre os séculos XVI e XVII]  (1963), dirigiu, juntamente com Ruggiero Romano, a Storia d'Italia Einaudi [História da Itália Einaudi]. Em 2002, a Accademia dei Lincei lhe outorgou o “Premio per la Storia”. Lecionou nas universidades de Turim, Perúgia e “La Sapienza”, de Roma.

    Novas Edições

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A arte da performance: do futurismo ao presente
Autor: RoseLee Goldberg
Martins Fontes - selo Martins
Coleção: Coleção a 
ISBN: 9788580632309
Ano de Publicação: 2016
Edição: 3ª
Páginas: 268
Formato: 15,0 X 20,5 X 1,4
Acabamento: Brochura
Preço: R$ 89,00

A arte da performance: do futurismo ao presente

RoseLee Goldberg

 

Sobre o livro:

Este livro é uma referência do repertório histórico, pois contextualiza o nascimento e o desenvolvimento da performance no cenário internacional. Forma híbrida de expressão artística, complexa nos desafios que ela impõe em sua relação multifacetada com o público, a performance é também uma linguagem repleta de pulsão, de vitalidade e de urgência, um modo de atuar no mundo que mistura irrevogavelmente a arte e a vida. É em função dessa pulsão e dessa urgência que o trabalho de RoseLee Goldberg se destaca. 

 

Sobre a autora:

A autora olha cuidadosamente para a cena performática que envolve cada momento de sua história no Ocidente - desde o início da vanguarda com Ubu rei, de Alfred Jerry, e do futurismo italiano, até as obras contemporâneas do norte-americano Matthew Barney - e as descreve em meandros, com abundância de detalhes. Goldberg se aproxima dos fatos, locais e pessoas com generosa intimidade. Ela nos faz penetrar a cena. A performance, assim, ganha corpo, estatura. Infiltra-se como arte viva no contexto oficial dos acontecimentos, expandindo nossa maneira de considerar a própria história da arte ocidental.

 

 

 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas 
Autor: Michel Foucault
Martins Fontes - selo Martins
Coleção: Tópicos 
ISBN: 9788580632644
Ano de Publicação: 2016
Edição: 10ª
Páginas: 564
Formato: 12,5 X 18,5 X 3,5
Acabamento: Brochura
Preço: R$ 89,00

As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas

Michel Foucault

 

Sobre o livro:

As ciências humanas são mais do que um saber: elas são uma prática, são instituições.

Michel Foucault, ao analisar a gênese e a filosofia das ciências, mostra como é recente o aparecimento do “homem” na história do nosso saber. Estuda a mudança interior de nossa cultura, do século XVIII ao século XIX, através da gramática geral, que se tornou filologia, da análise das riquezas, que se tornou economia política, e da história natural, que se tornou biologia. Nós o acompanhamos num subsolo onde ele, como arqueólogo do pensamento, nos mostra aquilo que faz com que as ciências humanas, hoje, se tornem possíveis.

 

Sobre o autor:

Michel Foucault (1926-84) foi um filosofo francês que exerceu grande influência sobre os intelectuais contemporâneos. Tornou-se conhecido pelas suas críticas às instituições sociais, especialmente à psiquiatria, à medicina e às prisões, e por suas ideias sobre a evolução da história da sexualidade, suas teorias gerais relativas à energia e à complexa relação entre poder e conhecimento, bem como por estudar a expressão do discurso em relação à história do pensamento ocidental. Têm sido amplamente discutidas a imagem da "morte do homem", anunciada em As palavras e coisas, e a ideia de subjetivação, reativada no interesse próprio de uma forma ainda problemática para a filosofia clássica do sujeito. Parece então que mais do que em análises da identidade, por definição, estáticas e objetivadas, Foucault centra-se na vida e nos diferentes processos de subjetivação.

 

 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Redação e textualidade
Autor: Maria da Graça Costa Val
Martins Fontes - selo Martins
Coleção: Texto e Linguagem
ISBN: 9788580632651
Ano de Publicação: 2016
Edição: 4ª
Páginas: 144
Formato: 14,0X 21,0 X 0,8 
Acabamento: Brochura
Preço: R$ 45,00
 

Redação e textualidade 

Maria da Graça Costa Val


Sobre o livro:

A linguística textual, desenvolvida sobretudo na Europa, a partir do final dos anos 1960, se dedica a estudar os princípios constitutivos do texto e os fatores envolvidos em sua produção e recepção. Este livro procura condensar noções relevantes dessa teoria e aplicá-las à análise de redações de vestibular, na tentativa de estabelecer um diagnóstico e levantar sugestões para o trabalho com a expressão escrita na escola.


Sobre a autora:

Formada em Letras e com doutorado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais, atualmente é professora e pesquisadora dessa mesma universidade.

    E-books





















Filosofia da dança, A : um encontro entre dança e filosofia (E-book) 
Autor: Marie Bardet
Martins Fontes - selo Martins
Coleção: Todas as artes 
ISBN: 9788580632750
Ano de Publicação: 2016
Edição: 1ª
Formato: Epub
Preço: R$28,00

Filosofia da dança, A : um encontro entre dança e filosofia (E-book)  

Marie Bardet


Sobre o livro:

Que posturas uma filosofia deve inventar para capturar os gestos? A que passos comuns e divergentes somos convidados dançando e filosofando?

Nesta obra, esboça-se a paisagem de um encontro entre dança e filosofia, onde são redistribuídos, através da experiência da gravidade, os pesos e as levezas, as imagens e os gestos, os pensamentos e os movimentos. Uma paisagem povoada de verbos, de passos, de pontos de interrogação e de limites móveis. Uma paisagem conceitual de Schopenhauer a Bergson, e a Deleuze, atravessada por uma inquietude: a da imediatez e do imprevisível como potências limites do exercício filosófico, aí onde ela ressoa com a da improvisação como questionamento incessante da composição coreográfica (da geração do Judson Dance Theater à criação contemporânea).

Pondo-se a pensar, a pesar, a caminhar e a rolar juntas, dança e filosofia cruzarão alguns problemas de representações, de percepções, de composições e de modos de andar coletivos.


Sobre a autora:

Marie Bardet desenvolve uma pesquisa singular na qual se articulam teoria e prática, entre seu percurso universitário em filosofia e uma formação em dança. Doutora em filosofia pela Universidade Paris 8 e pela Universidade de Buenos Aires - onde defendeu em 2008 uma tese intitulada: “Filosofia dos corpos em movimento. Entre a improvisação na dança e a filosofia de Bergson. Estudo da imediatez” - ela dá sequência ao seu trabalho de pesquisa em filosofia (pós-doutoranda na Universidade de Buenos Aires), ao seu trabalho de escrita e ao seu ensino teórico-prático tanto em algumas instituições francesas quanto na Argentina.





















As aventuras de Tom Bombadil (E-book)
Autor: J. R. R. Tolkien
Martins Fontes - selo Martins
Coleção: J. R. R. Tolkien 
ISBN: 9788580632828
Ano de Publicação: 2016
Edição: 1ª
Formato: Epub
Preço: R$ 34,00

As aventuras de Tom Bombadil (E-book) 

J. R. R. Tolkien


Sobre o livro:

As três partes que compõem este livro incluem, além do texto original do poema de Tolkien, duas traduções para o português. São, de fato, dois belos poemas que procuram, através de linguagens diferentes, aproximar o leitor da rica e complexa poesia tolkieniana. O primeiro, do renomado poeta William Guedes, foi feito em versos brancos, mas mantendo a métrica irregular do poema original. O segundo, de Ronald Kyrmse, um dos maiores especialistas da obra de Tolkien, reflete uma tradução mais técnica usando ao máximo o conhecimento profundo do mundo e dos personagens do autor, obrigando toda a tradução aos preceitos poéticos de Tolkien em relação à rima e à métrica. A poesia que pode ter se perdido na leitura dessas duas traduções pode ser resgatada no confronto com o original inglês reproduzido integralmente na terceira e última parte deste livro.


Sobre o autor: 


J. R. R. Tolkien nasceu a 3 de janeiro de 1892 em Bloemfontein. Após servir na Primeira Guerra Mundial, Tolkien empreendeu uma notável carreira acadêmica e foi reconhecido como um dos maiores filólogos do mundo. No entanto, ele é mais conhecido como criador da Terra Média e autor de obras de ficção clássicas e extraordinárias como O Hobbit, O Senhor dos Anéis e O Silmarillion. Seus livros foram traduzidos para mais de 40 línguas e venderam muitos milhões de exemplares no mundo todo. Ele recebeu o título de CBE [Comandante da Ordem do Império Britânico], e um doutorado honorário em Letras da Universidade de Oxford em 1972. Faleceu em 1973 aos 81 anos de idade.





















Skellig (E-book)
Autor: David Almond
Martins Fontes - selo Martins
Coleção: Infantis e juvenis
ISBN: 9788580632835
Ano de Publicação: 2016
Edição: 1ª
Formato: Epub
Preço: R$ 27,00

Skellig (E-book)  

David Almond


Sobre o livro:


Michael ia se mudar com sua família. Na casa nova, tudo ia ser maravilhoso. Mas a irmãzinha dele adoeceu e os pais já não podiam dar tanta atenção ao menino. Sentindo-se abandonado, ele foi refugiar-se na garagem... O que era aquilo, por baixo das teias de aranha e das moscas mortas? Um ser humano ou um estranho animal? A verdade é que aquela criatura mudou a vida de Michael para sempre. Este livro, cheio de suspense aliado a intensa ternura e lirismo, conta-nos uma bela história de amizade e amor à vida.

Traduzido para mais de vinte idiomas.

Prêmios recebidos:

• Prêmio Whitbread, Livro Infantil do Ano, 1998

• Prêmio Stockton, 1999

• Prêmio Lancashire / NatWest, Livro Infantil do Ano, 1999

• Carnegie medal, 1999


Sobre o autor: 

David Almond nasceu em 1951, em Newcastle-upon-Lyne, na Inglaterra. Cursou a Universidade de East Anglia e a Politécnica de Newcastle. Trabalhou como professor primário, secundário e de excepcionais. Nos anos 80, viveu um ano numa comunidade. Por cinco anos foi editor da revista literária Panurge. Suas primeiras obras publicadas foram contos para adultos. Skellig é seu primeiro romance para jovens.





















24 Horas na vida de uma mulher (E-book)
Autor: Stefan Zweig
Martins Fontes - selo Martins
Coleção: Prosa 
ISBN: 9788580632811
Ano de Publicação: 2016
Edição: 1ª
Formato: Epub
Preço: R$27,00

24 Horas na vida de uma mulher (E-book) 

Stefan Zweig 


Sobre o livro:

Um golpe de mestre. Nisso consiste esta longa novela de Stefan Zweig, que, desde o título, captura a imaginação do leitor. Estamos em pleno anos 1920, no seleto cenário da Côte D´Azur, onde o plácido ritmo dos hóspedes internacionais de um respeitável hotel sofre uma rápida reviravolta devido a um evento tão dramático quanto escandaloso. À noite, Madame Henriette, esposa e mãe irrepreensível, foge com um jovem francês, recém chegado ao hotel.

É o suficiente para instalar o tumulto num unido grupo de turistas, com muitas discussões acaloradas e tomadas de partido contra e a favor da fugitiva. No entanto, não é esta última a protagonista da história de Zweig. E as 24 horas que o título anuncia não são da vida de Madame Henriette, mas de uma fidalga inglesa, que só depois do escândalo cederá ao desejo e à necessidade de deixar a própria discrição de lado para contar ao narrador, por sua vez hóspede do hotel, o acontecimento bem mais imprevisível e desconcertante que cerca de 30 anos antes revolucionou a sua vida.

Poucas horas passadas em um cassino, em Monte Carlo, um dia e uma noite destinados a subverter toda uma existência, o encontro com um jovem devastado pela febre do jogo, a redescoberta da vida, o desejo de morte e, em meio ao embaralhar-se de toda uma gama possível de sentimentos e sensações, surpresa, alegria, vitalidade, vergonha, desprezo, rancor, angústia. Paixões fortes que inspiram a escrita de Zweig, nela se introduzem, criando imagens intensas e ousadas, às quais as luxuriantes gravuras de um dos mais respeitados ilustradores italianos, Federico Maggioni, retribuem integralmente a força e, ao mesmo tempo, a extraordinária capacidade evocativa. Com a hábil pena de um mestre que sabe entrelaçar o suspense e a introspecção e consegue se insinuar nas dobras da sensibilidade feminina não menos que na cega fúria masculina, Zweig envolve personagens e leitores no fervilhar febril da bolinha na roleta, nos gestos e movimentos da alma que tomam corpo sobre a mesa de jogo, e no desvendamento de algumas horas fatais.


Sobre o autor:

Stefan Zweig (1881-1942) foi um dos escritores mais respeitados entre os anos 1920 e 1930, do século passado. Austríaco de família judia, em seus anos de formação viajou longamente entre a Europa, a Ásia e a América, frequentando a nata da intelectualidade da época. Fugido do nazismo em 1934, depois da queima de suas obras refugiou-se em Londres, logo obtendo a cidadania inglesa. Transferiu-se para Nova York em 1940, com o intento de deixar para trás a Europa em pleno conflito mundial; pouco depois se estabeleceu no Brasil, acompanhado de sua mulher, muito jovem, que, juntamente com ele, se suicidou em 23 de fevereiro de 1942. A novela 24 horas na vida de uma mulher foi publicada pela primeira vez em Leipzig, em 1927.


Federico Maggioni é um dos mais prestigiados ilustradores italianos. Designer gráfico e jornalista, foi diretor de arte do “Corriere dei Piccoli” e do “Corriere dei Ragazzi”. 





















Ressurgimento e a unificação da Itália, O (E-book)
Autor: Antonio Gramsci
Martins Fontes - selo Martins
Coleção: Tópicos
ISBN: 9788580632842
Ano de Publicação: 2016
Edição: 1ª
Formato: Epub
Preço: R$ 22,00

Ressurgimento e a unificação da Itália, O (E-book)

Antonio Gramsci 


Sobre o livro:

Os textos reunidos neste livro são tirados das páginas dos Cadernos do cárcere, escritos por Antonio Gramsci entre 1929 e 1935. Eles constituem um dos nós mais significativos de seu pensamento e, representam um dos núcleos mais densos e sólidos já produzidos pela cultura italiana a propósito da vivência ressurgimental e pós-unificação.

Este livro se dirige, de fato, a um hipotético “primeiro leitor” que até agora não teve a oportunidade de se aproximar dos escritos de Gramsci e que queira ter uma primeira ideia direta a respeito, adentrando em sua complexidade.

Fecha a antologia uma breve seleção de artigos e documentos escritos por Gramsci na sua fase de atividade jornalística e política antes da prisão.

Assim apresentados e organizados, os textos gramscianos sobre o Ressurgimento e a unificação da Itália adquirem um novo e surpreendente frescor. E mostram ter muito para dialogar com a nossa leitura do passado e, no final das contas, com o nosso presente.


Sobre o autor: 

Antonio Gramsci nasceu em Ales (Cagliari) em 1891.

Durante o curso universitário (1912-1917), quando frequenta diversos cursos da Faculdade de Letras e da Faculdade de Direito da Universidade de Turim, é membro ativo da seção socialista e, a partir de 1916, da redação turinense do cotidiano Avanti!; nesse jornal e no Grido del popolo, publica artigos variados, desde comentários políticos até resenhas literárias e teatrais.

Em abril de 1924, Gramsci é eleito deputado. Por três anos, é secretário do Partito Comunista. Na ocasião do assassinato de Matteotti, luta contra a passividade da Secessão do Aventino e pela unidade das forças operárias. Em 1926, enquanto o partido entra na clandestinidade, consegue impor sua própria linha política no iii Congresso Nacional, ocorrido em Lyon, com a aprovação das Teses redigidas com Togliatti.

 





















Objetos e vida, Os - Reflexões sobre as posses, as emoções, a memória (E-book)
Autor: Giovanni Starace
Martins Fontes - selo Martins
Coleção: Dialética
ISBN: 9788580632873
Ano de Publicação: 2016
Edição: 1ª
Formato: Epub
Preço: R$ 20,00

Objetos e vida, Os - Reflexões sobre as posses, as emoções, a memória (E-book)  

Giovanni Starace 


Sobre o livro:

Qual a importância dos objetos na nossa vida? Quem não guarda algo com ciúmes? Quem já não quis remover tudo da casa de uma pessoa querida que se foi? Quem, ao menos uma vez, não decidiu começar uma coleção? Em que medida isso representa uma materialização da nossa memória? Os objetos são o espelho do que somos e do que fomos, das pessoas que povoam a nossa existência e das que nos acompanharam em fases da vida. Por meio dos objetos, todos nós desenhamos traços importantes da história pessoal: testemunhos concretos, fragmentos ou relíquias, documentos e evidências, todos marcados por investimentos simbólicos mutáveis no tempo. Os objetos materiais, de fato, são parte integrante da nossa vida psíquica e emotiva, contribuem para construir a nossa personalidade, participando da formação do nosso caráter, de diversas maneiras, conforme a fase da vida.

Por que guardamos? Por que jogamos fora? A posse dos objetos garante uma continuidade da própria pessoa ao longo da vida; onde se dispersam ? como ocorre nas calamidades naturais ?, os objetos tornam-se testemunhas da ruptura da integridade da pessoa, mas, em outros casos, a sua eliminação pode representar também uma tensão libertadora que coincide com a vontade de dar espaço a novas experiências.


Sobre o autor: 

Giovanni Starace ensina psicologia clínica na Universidade Federico II, em Nápoles. É membro regular, com funções de formação, da Sociedade Italiana de Psicoterapia Psicanalítica. Entre as suas publicações estão as seguintes obras: Le storie, la storia. Psioanalisi e mutamento [As histórias, a história. Psicanálise e transformação] (Marsilio, 1989); Vite incerte. Giovani, droga, comunità [Vidas incertas. Jovens, droga, comunidade] (l?ancora del mediterraneo, 2000); Il racconto della vita. Psicoanalisi e autobiografia [A narrativa da vida. Psicanálise e autobiografia] (Bollati Boringhieri, 2004).

    Saiu na mídia

















 
 
 

Estadão 26-06-2016

HQ - Do amigo imaginário 


Sobre o livro:

Boddah, amigo imaginário de Kurt Cobain e para quem o líder do Nirvana endereça a carta que escreveu antes de se matar, é evocado por Nicolas Otero. É ele quem conta a história de Cobain na graphic novel O Romance de Boddah – Como eu Matei Kurt Cobain, que a Martins Fontes – Selo Martins lança ainda este ano.


Leia matéria neste Link :

http://cultura.estadao.com.br/blogs/babel/poemas-de-emily-bronte-voltam-as-livrarias-brasileiras/

      
     Departamento comercial da editora  tel  : (11) 3061 - 0250
      

      VISITE NOSSAS LIVRARIAS

      Centro | SP - Praça do Patriarca, 78 - Tel.: (11) 3106-9133

      Jardins | SP - Alameda Jaú, 1742 - Tel.: (11) 2309-4628

      Centro | RJ - Av. Rio Branco, 185 - Subsolo - Tel.: (21) 2221- 2823


www.emartinsfontes.com.br   

info@emartinsfontes.com.br

   

 

 

                        


Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele sua inscrição neste link
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge