Giro UOL: Banco para propina, regras para as futuras mamães e risco de ficar de fora da Copa

Conteúdo Recomendado

Giro UOL
Moderninha
Veja a seleção de notícias que o UOL fez para você nesta noite- 20/06
Superou Eike Batista
Divulgação
A operadora de telefonia Oi pediu recuperação judicial e incluiu R$ 53 bilhões em dívidas no processo. É o maior pedido já protocolado no Brasil, superando recorde de R$ 11,2 bilhões em 2013 que pertencia à OGX, do empresário Eike Batista.

Em acordo com o BNDES, a empresa divulgou que conseguiu 180 dias para renegociar dívidas com credores.
Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
Alívio para dívidas
Nelson A.   Ishikawa/iStock
Os Estados aceitaram uma proposta do governo federal e só vão voltar a pagar dívidas com a União em 2017. Apenas São Paulo, Minas Gerais e Rio Janeiro ainda vão ter novas rodadas de negociações.

A proposta dá seis meses com desconto de 100% nas parcelas. A partir de janeiro de 2017, o desconto vai caindo gradualmente, aproximadamente 5,5 pontos percentuais por mês, até junho de 2018. A renegociação das dívidas também alonga em 20 anos os pagamentos dos débitos com a União.
Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
Banco para propina
Paulo Whitaker/Reuters
Um dos executivos da Odebrecht disse em depoimento à força-tarefa da Lava Jato que a empreiteira comprou um banco no exterior no fim de 2010 para movimentar propina em contas em paraísos fiscais.

Vinícius Veiga Borin citou em delação premiada transferências que somam cerca de US$ 132 milhões. Borin é o primeiro a falar detalhes sobre as transações da empresa por meio de offshores. A Odebrecht é investigada por envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras.
Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
Solta por uma delação
Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo
A doleira Nelma Kodama, a primeira pessoa a ser detida na Operação Lava Jato, fez um acordo de delação premiada e saiu da prisão. Ela estava presa havia dois anos e três meses, depois de ter sido pega no aeroporto de Guarulhos (SP) com 200 mil euros na calcinha, tentando sair do país.

A doleira prometeu detalhar como mudanças na regulamentação bancária abriram caminho para a abertura de contas ocultas no exterior, facilitando a lavagem de dinheiro. Kodama instalou uma tornozeleira eletrônica e vai ficar em prisão domiciliar.
Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
De boca fechada
Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo
José Antunes Sobrinho, um dos donos da Engevix, desistiu do acordo de delação premiada com a força-tarefa da Lava Jato. O executivo iria entregar provas do pagamento de R$ 1 milhão que seria destinado ao presidente interino, Michel Temer, pela participação em contrato de R$ 162 milhões da Eletronuclear.

Segundo jornal, Sobrinho conseguiu o contrato com a Petrobras para construir a usina nuclear Angra 3. Por isso, ele teria sido cobrado em R$ 1 milhão por um aliado de Temer.
Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
Vai abrir a boca?
Paulo Lisboa/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo
O ex-tesoureiro João Vaccari parece que está disposto a entregar o que sabe sobre o PT e dirigentes do partido. Nos bastidores, ele tem reclamado de abandono dos petistas. De dentro da prisão ele tem enviado recados: se os companheiros de partido não tomarem conta dele, não vai pensar mais duas vezes antes de falar o que sabe.

Ele foi condenado a nove anos de prisão por participar de um esquema de desvio de dinheiro da diretoria de Serviços e Engenharia da Petrobras.
Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
Regras para as futuras mamães
Shutterstock
O Conselho Federal de Medicina divulgou novas regras para a realização de cesarianas no Brasil. Entre essas medidas, os médicos só vão poder fazer cesáreas eletivas, ou seja a pedido da gestante, a partir da 39ª semana de gestação, momento em que estudos apontam que há menos riscos para o bebê.

Além disso, caso a gestante opte por uma cesárea, ela vai ter de assinar um termo de consentimento no qual declara ter sido informada sobre os benefícios e riscos da decisão.
Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
Mercado financeiro
Danilo Verpa/Folhapress
A Bolsa fechou em alta de 1,61%, com 50.329,36 pontos. É o quarto avanço seguido da Bovespa.

No mercado de câmbio, o dólar caiu 0,61%, cotado em R$ 3,399.
Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
Defeito de fábrica
Carplace
O Cade, que é vinculado ao Ministério da Justiça, acusa as montadoras Fiat, Ford e Volkswagen de monopólio em fabricação de peças. Um processo, que tramita desde 2007, aponta que as fabricantes utilizam indevidamente os diretos de propriedade industrial para impedir que sejam produzidos componentes utilizados em reparos e reposição.

O caso vai ser julgado pelo Tribunal do Cade. Se condenadas, as três companhias vão ser obrigadas a acabar com a prática e podem ainda ser multadas.
Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
Risco de ficar de fora da Copa
Lucas   Figueiredo / MoWA Press
Foi oficializada hoje a contratação de Tite como novo técnico da seleção brasileira. Na apresentação, Tite preferiu não comentar o manifesto que ele assinou seis meses atrás pedindo a renúncia do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, agora chefe dele.

O treinador disse que só aceitou o cargo porque pediu para ter autonomia. Tite também admitiu que vê risco de o Brasil não conseguir se classificar para a Copa da Rússia, em 2018.
Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
"Foi um susto, mas estou bem"
Reprodução/Instagram/edsoncelularireal
Aos 58 anos, Edson Celulari conta que foi diagnosticado com um tipo de câncer que afeta o sistema linfático. Pelo Instagram, o ator disse que está bem e que está organizando toda a rotina para o tratamento.  

Celulari está reservado para a novela À Flor da Pele, escrita por Gloria Perez para o horário nobre em 2017. A última participação dele na TV foi em 2015, em Alto Astral.
Leia mais
Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter | Compartilhar no Linkedin | Compartilhar no Pinterest | Compartilhar por E-mail
PATROCINADO POR:
Moderninha
Baixe o aplicativo UOL:   Apple Store Google Play
UOL Facebook Twitter Pinterest Instagram Snapchat: @uoloficial
Se deseja cancelar o recebimento da newsletter do Giro UOL, clique aqui.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge