Fome de Livros

Conteúdo Recomendado

Fome de Livros


Resenha - Mau Começo

Posted: 23 Jun 2016 10:00 AM PDT

Resenha feita pela Tay!
Título: Mau Começo

Título Original: The Bad Beginning
Série: Desventuras em Série
Livro Primeiro - Mau Começo
Livro Segundo - A Sala dos Répteis
Livro Terceiro - O Lago das Sanguessugas
Livro Quarto - Serraria Baixo-Astral
Livro Quinto - Inferno no Colégio Interno
Livro Sexto - O Elevador Ersatz
Livro Sétimo - A Cidade Sinistra dos Corvos
Livro Oitavo - O Hospital Hostil
Livro Nono - O Espetáculo Carnívoro
Livro Décimo - O Escorregador de Gelo
Livro Undécimo - A Gruta Gorgônea
Livro Duodécimo - O Penúltimo Perigo
Livro Tredécimo - O Fim 
Autor: Lemony Snicket
Editora: Seguinte
Páginas: 152
Ano: 2001
Saiba mais: Skoob
Comprar: 
Amazon // Saraiva // Submarino

Sinopse
Mau Começo é o primeiro volume de uma série em que Lemony Snicket conta as desventuras dos irmãos Baudelaire. Violet, Klaus e Sunny são encantadores e inteligentes, mas ocupam o primeiro lugar na classificação das pessoas mais infelizes do mundo. De fato, a infelicidade segue os seus passos desde a primeira página, quando eles estão na praia e recebem uma trágica notícia. Esses ímãs que atraem desgraças terão de enfrentar, por exemplo, roupas que pinicam o corpo, um gosmento vilão dominado pela cobiça, um incêndio calamitoso e mingau frio no café da manhã. É por isso que, logo na quarta capa, Snicket avisa ao leitor: "Não há nada que o impeça de fechar o livro imediatamente e sair para uma outra leitura sobre coisas felizes, se é isso que você prefere".

A Trama: O livro começa com os irmãos Baudelaire recebendo a notícia de que seus pais morreram em um incêndio que consumiu completamente a casa em que moravam. Por um desejo de seus pais, deixado em testamento, os três irmãos deveriam ser criados por alguém da família. Então eles são designados ao Conde Olaf, um primo que eles nunca ouviram falar, mas que é o parente que vive mais perto. A partir daí, as crianças passam maus bocados tentando desmascarar Conde Olaf, que nada mais quer que a herança das crianças. Talvez pelo livro ser curto demais, eu fiquei um pouco desapontada com o começo, mas eu sei que é uma série que eu posso vir a amar conforme for lendo. Para quem já viu o filme (que conta a história dos três primeiros livros), o livro tem algumas diferenças, e eu até gostei delas, porque me deixou curiosa para saber como a série se desenrolará. 

Os Protagonistas: Cada um dos irmãos Baudelaire tem uma habilidade especial. Violet, a mais velha, sempre amarra uma fita nos cabelos para afastá-los dos olhos quando está pensando em alguma invenção, e é muito boa nisso. Klaus, o do meio, tem memória fotográfica, consegue se lembrar de tudo o que leu em qualquer livro. Sunny, a mais nova, tem dentinhos bem afiados e é ótima na arte de morder. Os três juntos precisam se apoiar nesse momento difícil e eu gostei de ver a maturidade que eles tinham, mesmo com tão pouca idade

Personagens Secundários: Conde Olaf é um antagonista sensacional! Apesar de ser feito para ser odiado, não há como negar que ele é um personagem bem construído e que consegue ganhar o carisma do leitor, mesmo fazendo coisas detestáveis. Sabem aqueles personagens que amamos odiar? Ele é um deles. Os outros adultos da história carregam aquele esteriótipo que todas as crianças acreditam: adultos nunca os escutam! Apesar de gostar da Juíza Strauss, ela e o Sr. Poe me irritaram várias vezes por subestimarem as denúncias dos irmãos contra o Conde Olaf. 


Capa, Diagramação e Escrita: Adoro as capas da série por serem ilustradas de acordo com ocasiões importantes de cada livro. E por dentro, em cada início de capítulo, há uma ilustração em preto e branco. Eu gostei bastante da escrita do Lemony Snicket. Ele diz o tempo todo que essa não será uma história bonita e feliz, que apesar de haver alguns momentos de alegria, ela durará pouco, já que as desventuras dos irmãos estão apenas começando. Isso é algo bem diferente do que encontramos em livros infanto-juvenis, porque o autor não subestima os leitores (sendo crianças o público alvo) em nenhum momento e não tem medo de tocar em temas mais sombrios, como morte, ambição e  a maldade humana. Claro que não de uma forma pesada, mas de uma forma que deixa claro para as crianças que esses assuntos fazem parte da vida de qualquer um e que precisamos aprender a lidar com eles.

ConcluindoEu terminei o livro já querendo o próximo, apesar de eu saber o que acontece nos próximos dois (por causa do filme). Eu não cheguei a amar esse primeiro livro, mas acredito que a série vá ficando mais incrível conforme avanço. Se você gosta de livros infanto-juvenis, tenho certeza de que vai gostar muito de conhecer a história dos irmãos Baudelaire (pronuncia-se "Bodler", com e tônico e aberto como em "mulher"). 

Quote

(...) quando perdemos um ente querido, os amigos às vezes nos evitam, justamente quando a presença de amigos é mais necessária.

Classificação:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge