Fome de Livros

Conteúdo Recomendado

Fome de Livros


Resenha - Todos os Nossos Ontens

Posted: 31 May 2016 11:00 AM PDT


Resenha feita pela LaRy!
Título: Todos os Nossos Ontens
Título Original: On All Our Yesterdays
Livro Único.
Autora: Cristin Terrill
Editora:Novo Conceito
Páginas: 352
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Fnac // Submarino

Melhor do que eu imaginei


Sinopse: O que um governo poderia fazer se pudesse viajar no tempo? Quem ele poderia destruir antes mesmo que houvesse alguém que se rebelasse? Quais alianças poderiam ser quebradas antes mesmo de acontecerem? Em um futuro não tão distante, a vida como a conhecemos se foi, juntamente com nossa liberdade. Bombas estão sendo lançadas por agências administradas pelo governo para que a nação perceba quão fraca é. As pessoas não podem viajar, não podem nem mesmo atravessar a rua sem serem questionadas. O que causou isso? Algo que nunca deveria ter sido tratado com irresponsabilidade: o tempo. O tempo não é linear, nem algo que continua a funcionar. Ele tem leis, e se você quebrá-las, ele apagará você; o tempo em que estava continuará a seguir em frente, como se você nunca tivesse existido e tudo vai acontecer de novo, a menos que você interfira e tente mudá-lo...

A Trama: Em está presa em uma instituição secreta administrada pelo governo, há anos vive em uma cela sendo torturada para revelar a localização dos documentos que roubou, seu único conforto é seu colega de prisão, tendo uma das paredes da cela em comum eles conversam durante a noite e ela sonha com o rosto dele, um borrão apagado pelo tempo... Marina é apenas uma adolescente, relativamente comum ela é rica, esnobe e muito fútil; Sua única preocupação na vida é o grande amor que sente por James, seu vizinho e amigo de infância. Com realidades tão diferentes, completamente opostas, Em vai lutar para salvar o mundo e Marina vai lutar para salvar seu mundo. Confesso que quis ler esse livro por ter visto a capa e o nome, não li a sinopse antes de começar a leitura e estava inclusive um pouco receosa de ser uma decepção, mas foi exatamente o contrário.


As Protagonistas: Em é uma guerreira, passou fome, frio, foi torturada, viu pessoas que amava morrer. Ela é determinada e tempestuosa, leal e sincera, não tem medo de sujar as mãos e usa todos os meios necessários para cumprir sua missão e fazer o que acha correto. Mesmo com todo esse exterior blindado, percebemos nela uma garota sofrida, que foi impossibilitada de amar, de viver...e que essa armadura tão forte que ela construiu pode ruir a qualquer minuto. Marina é absolutamente oposta, ainda uma adolescente se preocupa com o distanciamento dos pais, a falta de atenção que dedicam a ela, agradar as amigas populares e estúpidas e é claro, conquistar James, seu amor infância. De repente sua vida confortável dá uma guinada inesperada, desesperada para proteger James e qualquer coisa que eles possam ter, ela reuni forças da onde não há e até se alia ao insuportável melhor amigo de James, Finn Abbot.

Personagens Secundários: James é brilhante, se formou na colégio ainda no fundamental, e logo foi estudar na J Hopkins, um "menino prodígio" com 16 anos já teve seu perfil publicado na Vanitty Fair, orfã ele tem em seu irmão mais velho uma figura paterna, muito antissocial - de vez em quando se fecha em si mesmo para analisar alguma teoria que só ele vê ou entende. Finn é muito observador, parece entender tudo e todos a sua volta, mas não revela nada sobre si mesmo, sarcástico e um pouco arisco é atencioso com aqueles próximos a ele.

Capa, Diagramação e Escrita: A capa não é bonita, mas é instigante - ao mesmo tempo que ela não tem nada específico que tenha a ver com trama, o simbolismo é inegável. A diagramação é simples e gosto do tamanho dos capítulos, graças a Deus não encontrei erros (tenho encontrado muitos ultimamente). A escrita é fluida e o autor disponibilizou os capítulos e situações de forma que a mudança de narração de uma protagonista para outra seja concomitante, suave.

Concluindo: Eu gostei da realidade presente neste livro, não que ele seja realista, mas de certo modo ele é rígido, cruel - nos mostra como o ambiente em que vivemos é mutável e o que ser humano é capaz de fazer. A história é criativa e eletrizante, os diversos temas da trama foram muito bem distribuídos e o livro ficou harmonioso, interessante e viciante. O grande segredo não era muito impressionante e nem difícil de se adivinhar, mas a conclusão geral sim, tudo podia acontecer e isso era fascinante.




Classificação:
                                     
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge